Web_Summit_Lisboa_2018-6273

Web Summit 2018

Startups, Fintech, Blockchain, unicórnios e Inteligência Artificial.

,

Pelo terceiro ano consecutivo a maior conferência de tecnologia do mundo invadiu Lisboa. Foram batidos recordes de visitantes (70 mil) e aumentaram o número de conferências. A inteligência artificial foi um dos temas mais abordados e foi comum a praticamente todos os palcos. Este ano marcou também o arranque de uma programação própria sobre as moedas digitais e tecnologias blockchain que foi também uma das buzz words do evento.

Pelo palco principal na Altice Arena passaram nomes como Tony Blair, Tim Berners-Lee (o “pai” da Internet) e António Guterres, bem como Brad Smith (presidente da Microsoft) e muitos outros que conseguiram diversificar as temáticas abordadas neste palco, tornando-o no menos “geek” da conferência. Contudo, tal como já tinha acontecido nas edições anteriores foi a presença de Ben Goertzel, o pai da robô Sophia, que gerou mais euforia mediática. Desta vez, Sophia vinha acompanhada e foram demonstradas algumas atualizações que têm sido efetuadas nomeadamente na utilização da infrastrutura na cloud montada para a partilha de conhecimento sobre inteligência artificial, a Singularity.net

Pelos outros palcos destaque para a Health Conf onde se debateu o impacto dos avanços tecnológicos na medicina como por exemplo a possibilidade de efetuar operações cirurgicas remotamente, mas também foram discutidos outros aspectos mais culturais como a utilização de Cannabis medicinal que está a criar um enorme consenso na classe médica e que é uma realidade já bastante consolidada em muitos países e com grande sucesso.

Foi também bastante interessante observar a forma como os participantes, nomeadamente os portugueses, parecem encarar com menos deslumbre e maior normalidade todo o evento. Embora tenham passado apenas 3 anos desde a primeira edição os lisboetas já assimilaram o espirito do evento e a sua dinâmica. Para isso contribui bastante a organização da Web Summit que tem demonstrado ano após ano, estar à altura do crescimento da conferência.

Esta edição marcou também o anúncio que a Web Summit vai manter-se em Lisboa por mais 10 anos. Com a programada expansão da FIL está prevista a duplicação da capacidade expositiva o que significa um grande crescimento para a conferência. Embora sendo um local de negócios por excelência, os dias da Web Summit são dias felizes, onde é possível absorver o que está a acontecer no mundo e para onde caminhamos enquanto sociedade. São dias as não perder.

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This