WES ANDERSON e LAURIE ANDERSON: novas presenças confirmadas no LEFFEST’14

O realizador de “Grand Budapest Hotel” e “The Royal Tenenbaums” nunca escondeu a sua cinefilia e, para a sua estreia no LEFFEST, escolheu dois filmes que marcaram a sua relação com o Cinema. No dia 8 de Novembro, às 18h15, no Cinema Monumental, em Lisboa, WES ANDERSON irá apresentar “O Ouro de Nápoles”, realizado por um dos nomes maiores do neo-realismo italiano, Vittorio De Sica. Este filme antológico em seis episódios é uma homenagem à cidade de Nápoles, onde o realizador viveu os seus primeiros anos de vida, e conta com interpretações de Silvana Mangano, Sophia Loren e do comediante Totò. Na segunda-feira, 10 de Novembro, às 21h30, o cineasta estará no Centro de Congressos do Estoril para apresentar o filme “Sadie Mckee”, de Clarence Brown, protagonizado pela inimitável Joan Crawford. Neste drama romântico dos anos 30, baseado no conto “Pretty Sadie McKee”, de Viña Delmar, a vida de uma mulher rumo ao sucesso e das inúmeras voltas e reviravoltas amorosas que tem de enfrentar.

LAURIE ANDERSON, que em 2010 integrou o júri da selecção oficial do festival, regressa aoLEFFEST para um encontro especial, marcado para o Espaço Nimas, em Lisboa, no dia 9 de Novembro às 19h30.

Nascida em 1947, LAURIE ANDERSON estudou história da Arte e depois Escultura. Na década de 70, após começar a trabalhar em performance, a artista apresentava regularmente espectáculos em museus e festivais de arte, tanto na América do Norte como na Europa.

Apesar de artista norte-americana apenas ter sido descoberta por um público mais alargado em inícios dos anos 80, quando o seu single “O Superman” atingiu inesperadamente o segundo lugar na tabela de vendas britânica, LAURIE ANDERSON já trabalhava antes em projectos multimédia ambiciosos que incluíam não só música mas também vídeo, projecções, dança e escrita.

Artista multifacetada, para além do seu trabalho visual é também compositora e instrumentista responsável pela invenção de vários instrumentos que utiliza. Da sua discografia fazem parte títulos marcantes como Big Science (1982), Mister Heartbreak (1984), United States Live (1984), Home of The Brave (1986), Strange Angels (disco de 1989 no qual Arto Lindsay, convidado deste edição do festival, foi produtor e guitarrista), Bright Red (1994), The Ugly One With The Jewels (disco spoken word de 1995), Life on a String (2001) ou o mais recente Homeland, editado em 2010, cuja digressão chegou a passar por Portugal.

No que diz respeito à sua relação com o cinema, há na carreira de LAURIE ANDERSON um marco importante: “Home of the Brave: A film by Laurie Anderson” (1986), um filme concerto gravado durante a digressão do álbum “Mister Heartbreak”, em que a artista é ao mesmo tempo realizadora e participante. Como compositora, contribuiu ainda para a banda sonora de filmes de realizadores como Wim Wenders e Jonathan Demme.

Já este ano tem assinado algumas atuações conjuntas com o Kronos Quartet, com o qual tem apresentado ‘Landfall’. Cidades como Helsínquia, Cracóvia, São Francisco, Columbus (Ohio), Los Angeles e Nova Iorque foram algumas das que já acolheram este espectáculo. Há poucas semanas participou com o jornalista Alex Ross – autor de ‘O Resto É Ruído’ – numa conversa pública no quadro do New Yorker Festival.

Mais informações em www.leffest.com



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This