rsz_when-we-rise

WHEN WE RISE

Ao enfrentar uma ampla gama de questões sociais, a série relembra os espectadores de como os movimentos podem ser eficazes quando grupos diversos se unem e extraem poder da interseccionalidade.

“Quem quer que tu sejas, tu não estás sozinho”. Foi na década de 1970, a partir de São Francisco, que a comunidade LGBTQ percebeu que o tempo de ser ostracizada tinha que chegar ao fim. “When We Rise”, a nova minissérie de 8 episódios, do TVSéries|Home of HBO, inspira-se nos acontecimentos reais que levaram ao nascimento do activismo LGBTQ e a luta pelos direitos iguais, independentemente de quem se ama com quem se quer partilhar a vida. Com Gus Van Sant na realização e Dustin Lance Black (vencedor do Óscar em 2009 por “Milk”) na escrita, e a participação de Whoopi Goldberg, Guy Pearce, Mary-Louise Parker, Rachel Griffiths e Rosie O´Donnell, “When We Rise” terá a sua estreia em exclusivo no TVSéries|Home of HBO a 5 de Março, às 23h.

rsz_when_we_rise

O episódio piloto realizado por Gus Van Sant da minissérie sobre o movimento dos direitos gay é mais acessível que conflituoso – e mais importante ainda por isso.

A série da ABC, “When We Rise”, é uma lição oportuna sobre  como a injustiça e a desigualdade social sistémica ocorrem numa base multidimensional.

“When We Rise” foca os primórdios dos movimentos sociais LGBTQ e é parcialmente inspirada no livro de memórias de Cleve Jones – “When We Rise: My Life in the Movement”. Além de Jones, a minissérie segue a activista pelo direitos da mulher, Roma Guy, o líder da comunidade afro-americana Ken Jones, a activista transexual Cecilia Chung, o activista Bobbi Campbell, entre outros. Ao enfrentar uma ampla gama de questões sociais, a série relembra os espectadores de como os movimentos podem ser eficazes quando grupos diversos se unem e extraem poder da interseccionalidade.

No primeiro episódio da série, realizado por Gus Van Sant, Roma Guy é uma figura-chave. Como mulher lésbica, Guy encontra-se ostracizada pela organização nacional para as mulheres (NOW) em San Francisco. Determinada, Guy junta forças com Sally Gearhart (Carry Preston), Pat Norman (Whoopi Goldberg), Del Martin (Rosie O’Donnell), e outras mulheres para lutar pelos direitos das mulheres e outros grupos marginalizados. É através de Guy, que se encontra na intersecção dos direitos das mulheres e dos direitos LGBT, que “When We Rise” expõe, pela primeira vez, o poder de abraçar e utilizar a interseccionalidade para que grupos variados façam o progresso social juntos.Apesar de tudo, “When We Rise” parece ter sido suavizada para as audiências mainstream. Mas, mesmo em 2017, quando queremos pensar que as barreiras foram quebradas numa quantidade significativa e que as vozes que estão a ser ouvidas são mais diversas que nunca, “When we Rise” parece algo realmente surpreendente de passar na televisão.

Título original:When We Rise
Realizador: Gus Van Sant
Elenco: Guy Pearce, Mary-Louise Parker, Whoopi Goldberg, Rosie O´Donnell, Carry Preston, Rachel Griffiths, Emily Skeegs, Michael K. Williams,
Austin Mckenzie
Género: Drama
Outros dados: EUA, 2017, Cores, 85min



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This