Monitor ECI 2

“Scroll”

Daniel Canogar apresenta “Scroll”, uma obra exclusiva criada a partir de algoritmos da loja online do El Corte Inglés.

Daniel Canogar apresenta dia 20 de Fevereiro, às 18h30, na Sala de Âmbito Cultural do El Corte Inglés de Lisboa, Piso 6, a obra “Scroll”, criada exclusivamente para o El Corte Inglés. A apresentação estará a cargo do próprio artista, de Emília Ferreira, directora do Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC) e Adelaide Ginga, curadora do MNAC que fez a curadoria da última exposição do artista em Portugal. A sua obra generativa estará exposta no ecrã gigante do El Corte Inglés de Lisboa e nos ecrãs das lojas de Lisboa e Gaia. Em Espanha a obra, além de exposta nos ecrãs, está ainda nas montras das várias lojas até dia 1 de Março. O projecto, cuja curadora é Paloma Martín Llopis, decorre no âmbito das actividades da ARCOmadrid 2020, a Feira Internacional de Arte Contemporânea que começa no próximo dia 26 de Fevereiro no recinto da IFEMA, em Madrid.

“Scroll” é uma criação generativa que se transforma através de um algoritmo as imagens dos produtos da página online do El Corte Inglés até os converter num fluxo de imagens abstractas.

A arte generativa está viva, nunca oferece a mesma composição e reage transformando, através de um algoritmo, a informação que está a receber. A gama cromática empregue são cores vibrantes, saturadas e muito potentes. Segundo Daniel Canogar, “os ecrãs convertem-se no marco da obra e ao mesmo tempo tornam-se numa escultura”. Nesta obra intervieram programadores, engenheiros, informáticos, artistas e arquitectos.

O artista considera que a sua colaboração com o El Corte Inglés, permite “não só trabalhar com uma empresa muito significativa em Portugal e Espanha, como também trabalhar nas montras, um meio que é muito interessante para o contacto com o público”.

O principal conceito deste projecto de Daniel Canogar, que utiliza os produtos do site do El Corte Inglés, reflecte, por abstracção, a evolução do retalho e o processo de mudança que o mercado está a viver. Nas palavras do artista: “Actualmente, há uma mudança, uma transição entre as compras online, que estão a competir bastante com a forma como a loja física tem de comunicar com o cliente, ou seja, a montra. Este projecto faz uma análise dessa transição. Portanto, utilizo dados e informações do site do El Corte Inglés, criando uma abstracção que deseja captar o fluxo dessas informações. Para isso, uso algoritmos que servem como ponte entre o espaço físico que é a montra e o novo espaço online que está a levar o mundo do retalho a reinventar-se”.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This