Youthless lançam novo single – Monsta

Os Youthless estão de regresso com um novo single – Monsta. Este tema fez parte da primeira demo da banda mas nunca tinha sido editado. Monsta surge agora numa versão remisturada e masterizada por Chris Common.

Monsta será distribuído digitalmente, a partir de 12 de Março, pela Enchufada com distribuição mundial a cargo da Rough Trade Distribution e estará à venda em lojas digitais como iTunes, Junodownload, Boomkat, Beatport, entre outras. Este single terá também um lado B com o tema Re-Ed.

Alguns dias antes do lançamento oficial de Monsta, os Youthelss estarão no Clube Ferroviário para um concerto produzido pela Void Creations com os Riding in Panico como convidados especiais. A entrada para este evento custa €5,00 e os bilhetes podem ser adquiridos no local, na data indicada.

O lançamento de Monsta será acompanhado por um novo vídeo, realizado e editado por Marco Espirito Santo e com motion design e animação da responsabilidade da Dialogue. O teaser para este vídeo está disponível aqui até à data oficial do lançamento – dia 12 de Março.

Após o lançamento do single e vídeo para o tema Monsta no Clube Ferroviário, os Youthless estão de partida para o Canadá onde irão apresentar o seu trabalho na Slacker Canadian Music Week, o maior evento de música do Canadá que reúne mais de 3.000 profissionais de todas as áreas ligadas à música e que decorre em Toronto de 21 a 25 de Março. Depois disso seguem ainda para uma digressão que inclui uma série de concertos pela costa leste dos Estados Unidos da América.

Youthless ‘Monsta’ – Teaser 1 from Marco Espirito Santo on Vimeo.

Sobre os Youthless:

Os Youthless são Alex Klimovitsky (bateria, sintetizador e vozes) e Sebastiano Ferranti (baixo e voz). Este duo divide o tempo entre Lisboa e Londres, onde gravou o primeiro álbum do projecto, Telemachy produzido por Rory Attwell dos Test Icicles. Os Youthless são conhecidos como os dois estrangeiros, um americano e um inglês, que não vivem sem a costa portuguesa, desde que assentaram armas e bagagens em Lisboa.

A utilização de vários amplificadores utilizados ao mesmo tempo com sons diferentes, alternados com um footswitch para simular vários elementos, atribui à banda um estilo único e inconfundível que já se tornou uma referência junto da elite avant garde da cena dance/garage rock de Londres, Nova Iorque e Lisboa.

Os Youthless foram eleitos “melhor nova banda de 2011” pelo blog Inglês ANBAD, elogiados pela BBC1, Irish Times, NME, DIS, e ficaram em terceiro lugar no buzz list do conceituado festival da indústria inglesa In The City em Manchester. Alguns temas dos Youthless foram remisturados pelo Olugbenga, baixista dos Metronomy.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This