biglittlelies

SERÁ QUE EXISTEM MENTIRAS PERFEITAS?

Mistério, suspense e vidas que parecem quase perfeitas, é isto que nos traz a mini-série Big Little Lies, da HBO.

Devemos confiar em tudo o que vemos? E nas pessoas que conhecemos? O suspense fica no ar e o grande acontecimento televisivo do ano promete deixar-nos agarrados desde o início até ao fim.  Do que é que estamos a falar? Da mini-série Big Little Lies, da HBO, baseada no romance de Liane Moriarty, realizada por Jean-Marc Vallée e com a produção executiva de Withersopoon e Kidman.

Prepare as pipocas e concentre-se bem, porque o princípio será muito confuso. A questão normal é: “Quem matou quem?”, mas e se a esta juntarmos “Quem é que morreu?”.

Tudo começa em Monterey onde tudo parece ser sereno e tranquilo, até ao momento em que Madeline Mackenzie (Reese Whiterspoon), que estava a caminho da escola para levar a sua filha à escola, decide sair do carro. Madeline é uma mulher determinada e com muita energia, no entanto, apesar de estar com outro homem e com uma vida perfeita, vive com ciúmes da nova mulher do seu ex-marido, Bonnie.

No mesmo dia, conhece Jane Chapman (Shailene Woodley), que tinha chegado recentemente à cidade, aparentemente parece ser uma mãe normal, que leva o seu filho à escola, como todas as outras. No entanto, a vida de Jane é tudo menos regular.

As duas mulheres encontram-se com Celeste Wright (Nicole Kidman), que se carateriza como uma mulher perfeita e que vive, à primeira vista, um casamento perfeito, não fosse o seu marido ser, por vezes, bastante violento.

A partir do primeiro episódio, Nicole Kidman, Reese Withersopoon e Shailene Woodley asseguram que a sua noite nunca mais será a mesma, uma vez que, depois de elas entrarem na sua casa, tudo o que pensa ser normal deixará de o ser e farão com que levante questões a cada minuto.

Com estreia mundial a 19 de fevereiro, de domingo para segunda-feira, às 2h00, no TVSéries| Home of HBO, e com exibição em horário nobre à segunda-feira, às 22h45, serão 8 episódios que prometem trazer à sua vida momentos misteriosos, sombrios, inquietantes e normais.

Não, esqueça a normalidade, porque essa era uma pequena grande mentira.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This