iPhone 5S

iPhone 5S

O melhor iPhone alguma vez fabricado.

No dia 10 de Setembro de 2013 a Apple anunciou dois novos modelos do mais conhecido e desejado smartphone do mundo: o iPhone 5S e o iPhone 5C. Ao contrário do que tem sido hábito, a gigante californiana não se limitou a apresentar um novo modelo e baixar o valor do antecessor, tendo optado por criar duas linhas distintas, uma claramente mais jovem (o 5C), outra desenhada para um consumidor premium, o 5S. Se exteriormente as diferenças são minimas (mas importantes), foi no miolo do iPhone 5S que os engenheiros da Apple queimaram as suas pestanas, tendo conseguido fabricar o smartphone mais rápido de sempre. Será que o iPhone 5S justifica o elevado preço? Terão sido defraldadas as expectativas daqueles que esperavam algo realmente “diferente”? Tivemos a oportunidade de testar e usar um iPhone 5S (gentilmente cedido pela Vodafone) durante algumas semanas e esta é a nossa honesta opinião.

Design

Já passou um ano desde a mudança de visual do iPhone. Tal como aconteceu na transição do iPhone 4 para o 4S a Apple optou por manter o mesmo design do modelo anterior, ignorando a tendência do mercado onde o tamanho do ecrã tem aumentado de modelo para modelo. Na realidade, as 4 polegadas do ecrã têm sido encaradas pelos utilizadores como uma vantagem. Este facto poderá ser verdade para os utilizadores mais casuais mas a um ecrã maior permite realizar muitas outras tarefas com uma maior produtividade e até mesmo jogar e ver videos com outro impacto.

iPhone 5S

Para além do preto e branco a Apple disponibiliza um iPhone 5D em dourado demonstrando assim o posicionamento que a gigante californiana pretende ter no mercado: um dispositivo premium, que deve ser tratado como uma jóia.

Touch id

O que pode parecer à partida uma funcionalidade “menor” é na realidade um tremendo salto tecnologico que marca definitivamente este iPhone 5S. Os leitores de impressões digitais em dispositivos electronicos não são uma novidade. Actualmente estou a escrever este texto um laptop lenovo com essa funcionalidade para o seu bloqueio/desbloqueio. Quantas vezes utilizei? Uma única vez para descobrir que não funciona. A grande novidade do Touch Id é que realmente funciona e simplifica a vida do utilizador permitindo o desbloqueio rápido do telefone. Mas será seguro? Para demonstrar aos utilizadores a confiança que a Apple tem nesta tecnologia, a leitura da impressão digital não só desbloqueia o telefone como pode ser utilizada na App Store deixando de ser necessário colocar repetidamente a password.

iPhone 5S - Touch ID

É possível configurar até 5 impressões digitais diferentes e a taxa de sucesso é estrondosa. Obviamente que a sua utilização é facultativa e que existe sempre um código de desbloqueio.

Camera

Depois de testar vários dispositivos Android e Windows Phone penso que cheguei a uma conclusão. Não existe nenhuma experiência de fotografia num smartphone tão simples, intuitiva e bem conseguida como no iPhone, principalmente com o iOS7. É verdade que muitas das “novas funcionalidades” já existem nos outros sistemas operativos à bastante tempo (slow motion video, filtros, square) e também é verdade que existem smartphones com muitas outras opções (ver a review do Samsung Galaxy S4), mas quando se combina o que se consegue fazer com a forma como se faz o iPhone é imbatível. A qualidade das fotos é fantástica, a rapidez do auto-focus e do shutter é surpreendente e o redesign da galeria melhora a navegabilidade e organização das fotografias.

iPhone 5S - Sample Photo

iPhone 5S - Sample Photo

iOS 7

Seria impensável manter durante mais um ano o look das versões anteriores do iOS e com o novo  iOS as alterações visuais e funcionais são tremendas. O flat design substituiu o efeito 3D. Todos os icones foram re-desenhados. A transparência e a profundidade são transversais em todo o sistema. Surgiram novas funcionalidades como o Control Center que permite rapidamente ligar/desligar um conjunto de opções e até tem um botão dedicado para a lanterna (muito mais funcional do que se possa pensar). A navegação nas aplicações foi alterada sendo possivel agora voltar atrás com um simples swipe. O Multitasking ganhou uma maior dimensão com o preview das aplicações abertas quando se efectua o duplo clique no home button. São centenas de novidades de um sistema operativo que se manteve funcional, intuitivo e quase perfeito para um dispositivo móvel.

Existem contudo muitas pontas soltas, algumas das quais são incompreensiveis: não é possivel limpar todas as notificações com apenas uma acção; o teclado continua a não ter opção de swipe (deslizar pelas letras permitindo uma escrita incomparavelmente mais rápida); o Siri ainda não tem a lingua portuguesa.

Conclusão

O iPhone 5S é o smartphone mais caro e desejado do mundo. Para além de ser um excelente dispositivo, é um símbolo de status e uma peça de joalharia. Quem o compra não fica desiludido e a utilização da impressão digital para desbloquear o telefone e comprar aplicações permite poupar muito tempo e funciona na perfeição. Contudo, para os utilizadores mais exigentes, o topo de gama da Apple é bastante limitado. Esta limitação está obviamente relacionada com o tamanho do ecrã (a Apple oferece a suite iWorks para novos clientes mas na realidade quem consegue ser “produtivo” num ecrã de 4 polegas em que o teclado ocupa metade do mesmo?) mas também com o próprio sistema operativo que não permite praticamente qualquer tipo de customização.

Para quem vive no ecossistema Apple e não tem um iPhone 5, o upgrade para o 5S é natural e o boost de performance é notório. Para quem no ano passado adquiriu o iPhone 5, o Touch ID não é razão suficiente para fazer o upgrade. De certeza que em 2014 a Apple vai desvendar um novo iPhone com alterações significativas a nível do hardware.

O iPhone 5S pode ser comprado a partir de 340 euros aqui (com contrato de 2 anos).

 

PRÓS

– O Design. O iPhone continua a ser o mais “bonito” do mercado
– iOS7. Uma verdadeira (r)evolução
– Performance
– Camera

CONTRAS

– A qualidade de som continua a estar muito abaixo da média e embora existam dois altifalantes, os mesmos estão na mesma extremidade do dispositivo, pelo que chamar-lhes de “stereo” é uma falácia
– O preço
– A(O) Siri não sabe português



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This