A noite de Gus Van Sant em Lisboa

Decorridos quase 4 anos desde “Milk” (2008), o novo filme de Gus Van Sant, “Restless”, abre o Lisbon & Estoril Film Festival’11, com direito a duas sessões no Monumental, a primeira às 22H00 e uma extra às 24H00. “Restless” retrata dois grandes temas da existência humana: vida e morte. Uma doente de cancro terminal com uma vontade imensa de aproveitar o tempo que lhe resta e um rapaz que deixa os dias passar por ele, desde que os pais morreram num acidente de automóvel. Prevalecerá a força de quem se entrega aos desígnios da natureza e se deixa guiar por ela, pela vida, numa partilha constante de sensações.

Tem tudo para ser um filme de emoções, mas a pergunta é se ultrapassará as limitações de “Milk” e voltaremos a encontrar o realizador de “Paranoid Park” (2007). É verdade que retomou com os personagens adolescentes, mas, desde logo através do trailer, percebemos que se trata de um filme sobre o amor, um amor talvez quase para além da morte, e não há garantias quanto ao enorme cliché em que pode ou não cair. Até porque Van Sant não parece ter sido talhado para este tipo de temática. Lembremos que dois dos seus maiores filmes – o já referido “Paranoid Park” e “Elephant” (2003) – andam à volta de um único jovem personagem. Será, pelo menos, um filme bonito, mas espero, sinceramente, que seja mais.

Quem não conseguir bilhetes para hoje, pode vê-lo nas salas já a partir do próximo dia 10 de Novembro.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This