SOMBRAS NO SÃO LUIZ

De 28 a 30 de Janeiro o São Luiz apresenta a mais recente criação de Ricardo Pais, “Sombras – A nossa tristeza” é uma imensa alegria. Sexta e sábado às 21h00, domingo às 17h30, na Sala Principal. “Sombras – a nossa tristeza é uma imensa alegria”, a mais recente criação de Ricardo Pais, pode dizer-se que “sonha o modo de ser português”. Num tributo apaixonado às mais belas palavras em português (António Ferreira, Garrett, Pessoa, entre outros), este é um espectáculo que parte do fado e dá seguimento aos trabalhos anteriores do encenador Raízes Rurais.Paixões Urbanas (1997) e Cabelo Branco é Saudade (2005). Nas palavras de Ricardo Pais: “Um pouco menos ritual do que «Raízes Rurais»… e menos solene do que «Cabelo Branco»… cheio de eventos inesperados, contrastantes por vezes. É um espectáculo heteróclito, decididamente contra os tiques típicos dos espectáculos de fusão ou de world music, mas tem no Fado o seu coração sofrido e no Fandango uma espécie de cavalgada eufórica.”

“Sombras” conta com uma equipa de excepção – na qual se contam Fabio Iaquone, Mário Laginha e Paulo Ribeiro, só para citar alguns. “[E] estas Sombras irradiam a feliz luminosidade de uma síntese. Nelas se cruzam a Fala, o Canto e a Dança (também o Vídeo, no seu carácter simultaneamente especular e íntimo), artes e linguagens que Ricardo Pais foi industriosamente explorando ao longo do seu percurso artístico.”(in programa Sombras – TNSJ)



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This