A rainha louca

Entre ecos da Revolução Francesa e da derrocada do Antigo Regime, D. Maria I é “A rainha louca”, enclausurada num mundo de demência e evasão – uma rainha cómica, trágica e comovente, que contraria dois séculos de ideias feitas: responsável pela criação da Academia das Ciências e da Biblioteca Nacional, promotora da primeira expedição científica à Amazónia, da renovação do Ensino e da Marinha, D. Maria I (1734-1816) era culta e sensível, dada à música e às artes; reinar é que não estava na sua natureza.

A sua loucura, que a afastou definitivamente do cargo em 1792, teve várias origens prováveis: padres fanáticos convenceram-na de que o seu pai ardia no Inferno, por culpa do Marquês de Pombal e da perseguição aos jesuítas. À perda do marido somou-se a morte do seu primogénito, de varíola: os padres teriam proibido que fosse inoculada a vacina que estava a ser experimentada na época. A prisão de Maria Antonieta e a ideia de que a própria França, luz do Velho Continente, podia decapitar a sua rainha, terá sido a gota de água.
D. Maria quer evadir-se para um mundo “longe desta miséria”. A seu lado tem Henriqueta, a gélida dama de companhia. Outra presença é Rosa, a criada negra cujo modelo histórico é uma anã acarinhada pela rainha. O 2.º acto concretiza as alucinações de D. Maria: no seu aniversário, é visitada por três damas que traçam um retrato hilariante da realidade histórica portuguesa.

Harpa, cravo e marimba simbolizam respectivamente D. Maria, Henriqueta e Rosa, numa orquestra que inclui quinteto de sopros e quinteto de cordas. Segunda parte de uma Trilogia da Loucura começada em 1994 com O doido e a morte, esta ópera visita os fantasmas da mente humana com sons dum século XVIII imaginário.

Música e libreto: Alexandre Delgado
Encenação: Joaquim Benite
Com: Ana Ester Neves, Ana Paula Russo, Maria Luisa de Freitas, Teresa Cardoso de Menezes, Nilma Santos e OrchestrUtopica

Centro Cultural de Belém, 8 de Julho

ESTREIA ABSOLUTA. Espectáculo integrado no Festival de Almada



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This