marionet volta a apresentar o espectáculo Lab La Bla em Coimbra e dá a conhecer o seu processo criativo

Quatro meses após a sua estreia, a construção de Lab La Bla é agora partilhada com o público através de mais um “Other Data Club”, na próxima quinta-feira, dia 2 de Junho, pelas 18h30, na Casa das Artes da Fundação Bissaya Barreto.

Esta conversa sobre o processo criativo será reveladora do método de trabalho da marionet na construção dos seus trabalhos artísticos, e servirá de aperitivo para a nova apresentação de Lab La Bla em Coimbra, no próximo Sábado, dia 4 de Junho, às 21h45, no bonito jardim da Casa Museu Bissaya Barreto, integrado nas comemorações dos 25 anos da Casa Museu.

Desta vez a conversa vem depois e não durante o processo criativo do espectáculo, e ocorrerá como habitualmente num espaço informal. A proposta é analisar o processo criativo do espectáculo e, para isso, estará presente toda a equipa do projecto, onde destacamos a presença de Manuel Portela, tradutor dos textos do poeta checo Miroslav Holub utilizados e principal responsável pela escolha deste autor.

Sobre o espectáculo:
Como a poesia e a ciência usam a palavra para comunicar, as mesmas, quase sempre, mas os diferentes objectivos que as orientam estabelecem diferenças profundas de significado para uma mesma palavra. Lab La Bla explora a poesia influenciada pelo avanço da ciência e da tecnologia incluindo a introdução de novas palavras, temas e conceitos científicos. No fundo uma proposta de leitura e reescrita do conhecimento que a ciência constrói. Para isso utilizamos textos de Miroslav Holub (1923-1998), poeta e imunologista checo, traduzidos por Manuel Portela, Professor da Faculdade de Letras da UC, com particular destaque para o ensaio “A Dimensão do Momento Presente” onde o autor elabora uma interessante tese sobre o tempo que dura o Presente.

Sobre os “Other Data Clubs”
Os “Other Data Clubs” são espaços de discussão multidisciplinar para dar a conhecer o trabalho artístico da marionet e para a criação de comunidades interessadas em partilhar ideias. Estas conversas surgiram no primeiro semestre de 2010, no âmbito de uma residência artística da marionet – poderão ler mais sobre esse processo aqui.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This