3godsb1169

3 GODS

Uma mera invenção do homem?

O novo espetáculo de Rui Neto deixa de lado os animais (“O Crocodilo ou o extraordinário acontecimento irrelevant”e, no Teatro Municipal São Luiz) para se dedicar aos deuses. Na verdade não se dedica aos deuses, mas ao conceito de Deus. Afinal o que é um Deus se não mais do que uma mera invenção do ser humano? Aqui esse conceito desenvolve-se com um pouco de literatura e três atores em cena – João Gaspar, São José Correia e Rodrigo Tomás. Estes formam a família de deuses e os únicos sobreviventes da sua espécie que por acaso, acordam num T2 em Odivelas por cima do café Ulisses.

Existe sempre uma estética muito própria e cuidada que cria um ambiente harmonioso entre cenário, luz e som. Tudo é pensado, desde a imagem de fundo ao movimento dos atores, que se encontram condicionados cada um a uma cadeira quase como a existência divinal está condicionada à existência humana. Estes deuses prestam-nos com um enredo que ao mesmo que nos traz situações do quotidiano também vem com uma dose de tragédia e relações familiares complexas expressas não só no texto, mas também na crescente tensão entre as personagens.

Bastante pertinente e com um tom humorístico e sarcástico como se vai tornado habitual nos textos e encenações de Rui Neto. Esta criação serve-se das origens do teatro associadas a mitos e à mitologia apresentando-se sob a forma de metáfora para os dias de hoje.

Estreia a 8 de Maio e ficará em cena de quarta a sábado às 21h30 e domingos às 17h até 16 de Junho, na sala estúdio do Teatro da Trindade.

 

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This