ANTES QUE ME LEMBRE

Nas palavras do organizador, a exposição foca-se na prática de desenho de pintores que “a pintura (…) abandonou e eles abandonam” e que são “chamados a transformar esse abandono em produtiva separação”.
Chama-se pois Desenho à prática através da qual se persegue o ser-em-fuga da Pintura, devolvendo-lhe a sua realidade “teórica”, tocando-a com uma “mão ideal”, revelando as condições da sua inexistência. Revolvendo “o chão do mesmo”, o desenho liga, nestes “compósitos heterogéneos”, os tempos que nele se ocultam, que nele se exaltam”.

O catálogo inclui um texto introdutório de Manuel Castro Caldas e textos de Maria João Mayer Branco (sobre João Miguéis), João Miguel Fernandes Jorge (sobre Jorge Nesbitt), Bruno Marchand (sobre Manuel Caldeira) e Sara Antónia Matos (sobre Marcelo Costa).

CICLO DE CONVERSAS
3 de MARÇO (Sábado) às 17h00
Artistas + Manuel Castro Caldas + Bruno Marchand

10 de MARÇO (Sábado) às 17h00
Artistas + Manuel Castro Caldas + Miguel Branco

INAUGURAÇÃO 21 de FEVEREIRO (terça-feira) às 18h30
EXPOSIÇÃO PATENTE ATÉ 14 de ABRIL de 2012
de Quarta a Sábado das 15h00 às 20h00 (excepto feriados)

fundação carmona e costa
RUA SOEIRO PEREIRA GOMES, LT.1-6o C/D 1600-196 LISBOA



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This