rdb_EDIT_thumb

Convites duplos – “EDIT” – Negócio/ZDB

Em que ano arrancou o Projecto Ruínas?



2 CONVITES DUPLOS POR DIA PARA O ESPECTÁCULO “EDIT”, DE FRANCISCO CAMPOS – DIAS 17, 18, 19 E 20 DE JUNHO ÀS 21:30 – NEGÓCIO – ZÉ DOS BOIS



Sinopse

O NEGÓCIO volta a colaborar com o Projecto Ruínas e, após uma residência, apresenta a estreia da nova criação de Francisco Campos.

Um casal convida um estranho ou estrangeiro, enfim, uma figura misteriosa, para um jantar na sua casa. O casal não consegue esconder as suas verdadeiras motivações e vai deixando escapar, à mesa de jantar, sugestões de curiosidade, de caridade, de perversão sexual ou simplesmente de fuga à rotina. Entre as conversas de circunstância e gentilezas de anfitrião, percebe-se que o estranho não fala a mesma língua dos dois. Esta personagem muda, perdida na banalidade da situação, revela-se a única coisa normal deste universo.

Projecto Ruínas

O Projecto Ruínas iniciou-se em 2000, criando espectáculos em espaços abandonados e em ruínas. Na altura cruzavam-se diferentes áreas artísticas, mas a marca fundamental era a improvisação e a técnica bufão. Os conteúdos tinham origem nesta técnica que assenta na máscara do corpo, fazendo o actor privilegiar o impulso físico, evitando a interpretação mental e psicológica. O actor-bufão só tem o rosto visível, criando uma máscara invertida. Aos poucos, o Ruínas abandonou a máscara física e evoluiu para uma estética mais “realista”, ou mais contida se assim se pode caracterizar, mas manteve a inversão da máscara e o prazer de ser pequeno, que continua subjacente nas personagens e criações. A criação de espectáculos e textos a partir de improvisações – o devising, estabeleceu-se como método a partir de 2004, para fazer aparecer uma nova dramaturgia, original e inspirada em temas contemporâneos e o movimento torna-se um elemento fundamental para a evolução do trabalho. A partir de 2012, o Ruínas desenvolveu um novo processo de criação, centrado numa abordagem física em detrimento do trabalho a partir do texto. Radicado em Montemor-o-Novo, beneficia dos apoios da autarquia e dos agentes culturais locais. Em 2009, o Ruínas passou a ser subsidiado enquanto estrutura pela Direcção Geral das Artes, no programa de Apoios Directos 2009-2012, através de três subsídios anuais consecutivos. Em 2013 integra o Projeto M em parceria com o Espaço do Tempo, Oficinas do Convento e Alma d’Arame, nos apoios tripartidos da Direcção Geral das Artes.

NEGÓCIO
Rua de O Século, nº 9 porta 5
reservas@zedosbois.org | Tel: 00351 21 343 02 05
Entradas: 7,5€ | Entrada estudantes em grupo 5€
A bilheteira do NEGÓCIO abre às 21h

Regras:

– Os vencedores devem levantar os convites na bilheteira.
– O levantamento deve ser efectuado pelo próprio vencedor até 20 minutos do inicio da sessão. O prémio é pessoal e intransmissível
– Devem enviar-nos os seguintes dados: Nome, dia pretendido e BI (para além da resposta)

Se tiveres problemas a participar no passatempo elimina os cookies e o histórico de navegação do teu browser e tenta de novo fazer o login. Se não funcionar envia a tua participação para passatempos@ruadebaixo.com. Indica no e-mail o teu username.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This