Festival L’Agosto continua a aquecer o centro de Guimarães.

Chico da Tina, A Place to Bury Strangers, Ammar 808 e Avalanche Kaito entre tantos outros confirmados para a edição 2024 do festival urbano de Guimarães.

O Verão volta a ser L’Agosto com o regresso do festival de música urbano, ao centro histórico da cidade de Guimarães. De 25 a 27 de julho o melhor da música alternativa nacional e internacional volta-se a ouvir no coração da cidade berço de Portugal, numa harmonia perfeita entre a história e a contemporaneidade.

Do GrindcoreWorld Music, as sonoridades da contemporaneidade voltam-se a ouvir, no coração da cidade berço, na Colina Sagrada, onde coabitam nomes emergentes e consagrados, tanto no panorada nacional mas também internacional

Sessa é um artista Brasileiro que irá estrear-se na cidade do berço com a sua sonoridade tropical prometendo assim seduzir o publico com as suas letras sensuais e com todo carisma que absorve desde Caetano ao Jobim.
Da terra dos nuestros hermanos, vem os VVV que sem dúvida são uma promessa a explodir a qualquer momento, tem o seu lema de agitar o publico com um bmp bem acentuado, rasgam sonoridades que vão do poky, hardstyle e dubstep. Ainda no primeiro dia fechamos com o Tunisiano Ammar 808 com dois discos e um recente EP, reinventa electronicamente da música do Norte de África, é certamente uma oportunidade excelente para poder assistir a este concerto que ficará na memória do festival.

No segundo dia, abençoamos a fusão do avant-rock Belga e a música tradicional de Burkina Faso dos Avalanche Kaito, levando assim um carimbo de aposta por parte da organização com a expectativa de ser num dos concertos surpresa de 2024. Para desafiar as muralhas da cidade nada melhor que as distorções caóticas em jeito de apoteose dos Norte Americanos A Place to Bury Strangers, têm já mais de 10 discos lançados desde 2008. Neste trio de ataque falta referenciar o fecho do segundo dia, que será da responsabilidade do Germânicos Polaroit, uma electrónica apurada para os mais atentos, vem apresentar o seu live e deliciar a pista dos lagostins.

Finalmente os Holocausto Canibal, nacionais do grindcore ,desde 2002, vêm espalhar a brasa pelo recinto e mais não sabemos o que poderá vir a acontecer, apresentam o seu mais recente disco «Crueza Ferina». Nada melhor que um corta sabor vemos com alegria apresentar em Guimarães o rapaz da concertina do Alto Minho , Chico da Tina, que dispensa apresentações e será um dos momentos altos do festival. Para acabar o festival em grande teremos uma panóplia de grandes discos a serem passados pelo dono da grande editora Awesome Tapes From Africa.

Os bilhetes estarão disponíveis brevemente em bol.pt, com o bilhete diário a custar €20 e o geral €40.

 

Alinhamento das atuações assim como a venda de bilhetes estarão disponíveis muito brevemente.

Organização: Elephante MUSIK, Município de Guimarães, Museu Alberto Sampaio e Estúdio Lobo Mau. Para mais informações: elephantemusik@gmail.com



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This