IV GRANDE ARRAIAL DA JUVENTUDE

A OUT.RA está de regresso ao activo com a imensa e incrível festa de final de Verão que é o Grande Arraial da Juventude, que terá lugar no dia 27 de Agosto, este ano ainda mais perto do rio, junto à Piscina Municipal do Barreiro.

Vão ser 9 (nove!) horas non-stop de concertos, carne na grelha, quermesses, djing e tudo o mais que possa acontecer (o Arraial é tão imprevisível como o tempo neste mês de Agosto). Tudo isto mesmo junto ao Tejo, com a melhor das vistas para Lisboa que mais de meia Lisboa desconhece por completo.

Em palco, este ano, várias estreias no Barreiro: os setubalenses LYDIA’S SLEEP, grandes vencedores do último concurso de bandas de garagem de Setúbal, e das melhores coisas que a influência tutelar dos Mogwai e dos Explosions In The Sky em Portugal já produziu; o trio ACRE, que marca o regresso de Gabriel Ferrandini e Pedro Sousa ao Barreiro, desta vez complementados pela guitarra de Filipe Felizardo, a levar mais perto do cosmos esta freezada fire-jazz do mais alto calibre. Também em estreia, e directamente do Pinhal Novo, o ataque noise de MACACO RÁPIDO & HUGO CÃO, a canalizar electricidade suja por uma fiada de dispositivos de som ameaçadores.

A representar o Barreiro a dança suja dos TRACY LEE SUMMER, aristocratas do rock sem igual, imperadores do garage e dos greens de Vilamoura, gente de pedigree, e o grande, inigualável CROONER VIEIRA, que será o mestre-de-cerimónias oficial do Grande Arraial deste ano.

O pôr-do-sol não ficaria completo sem a actuação DO GRUPO CORAL ALENTEJANO “AMIGOS DO LAVRADIO”, que vai aquecer o coração já gelado pela cerveja e obstruído pelas entremeadas, couratos e bifanas que a essa hora já saem a pingar da grelha. Novidade absoluta este ano: a introdução da “SuperPorco”, carne no pão para gente sem medos.

Nos pratos, a dança cósmica do emérito DJ DANAKIZA SAN, grande investigador do psicadelismo dos setentas e tudo o mais que faça mexer corpo e cabeça.

A finalizar a festa, em jeito de segredo mal guardado, teremos os THE MACAQUES, autores daquele que parece ser o hino chungwave deste Verão, “É Bairrada”. Cuidado.

A entrada é livre, e a acção começa às 17h – com a abertura da Quermesse, êxito brutal dos últimos 2 anos, autêntico leilão de tesouros esquecidos, e coisa que promete, mais uma vez, um assalto às rifas mais caótico que uma abertura de época de saldos. Venham cedo!



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This