“Anni Felici” de Daniele Luchetti e Cine-Jantar no 2.º dia do 8 ½ Festa do Cinema Italiano

Depois da ante-estreia de “Viva a Liberdade”, de Roberto Andò, na sessão de abertura, o segundo dia do 8 ½ Festa do Cinema Italiano é marcado pela primeira exibição de “Anni Felici”, de Daniele Luchetti (realizador de “Meu Irmão é Filho Único” e de “A Nossa Vida”) e que teve estreia mundial no Toronto International Film Festival. Fala-nos de convencionais e inconvencionais escolhas de vida, na história de um casal: marido libertino, artista aspirante a representante da nova arte conceptual, mais por moda do que por convicação, mulher devota do marido, cuja inquietude a levará a novas experiências e o filho mais velho, uma criança atenta, alter-ego do realizador que conta a história desta família na Itália dos anos 70 (do divórcio à transgressão matrimonial, da arte conceptual ao feminismo e ao amor lésbico). É exibido, às 21h30, na Sala Manoel de Oliveira.

O primeiro filme em competição é “L’Abitro”, de Paolo Zucca e tem lugar às 19h30, na Sala Manoel de Oliveira: futebol, campeões e corrupção à mistura numa história sobre a ascenção do Atlético Pabarile, a equipa mais fraca da 3ª divisão da Sardenha.

Devido ao sucesso dos anos anteriores, este ano, realizam-se dois cine-jantares em vez de um e o primeiro acontece já sexta-feira, às 19h30 no Mercado de Santa Clara – Centro das Artes Culinárias. O filme que acompanha a rica gastronomia servida ao jantar é o clássico “O Último Tango em Paris”, de Bernardo Bertolucci. Os bilhetes custam 15€ (jantar + filme) e estão à venda no Cinema São Jorge e no Mercado de Santa Clara.

De destacar ainda uma viagem aos bosques dos Alpes na sessão “Oltre il Guado”, de Lorenzo Bianchini, que se realiza às 23h00, na Sala 3 do Cinema Jorge, com a presença do realizador.

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This