moyan_thumb

LIVRO “MUDANÇAS”, DE MO YAN, PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 2012 (DIVINA COMÉDIA EDITORES)

Guan Moye nasceu em 1955 na China (província de Shandong), tendo adoptado o pseudónimo de Mo Yan. Qual o significado deste pseudónimo?



GANHA UM EXEMPLAR DO LIVRO “MUDANÇAS”, DE MO YAN, PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 2012, EDITADO PELA DIVINA COMÉDIA EDITORES

Envia NOME, BI, MORADA COMPLETA e RESPOSTA

Sobre o livro

Em Mudanças, Mo Yan descreve, na primeira pessoa, as alterações políticas e sociais no seu país ao longo das últimas décadas, num romance disfarçado de autobiografia, ou vice-versa. Ao contrário da maioria dos escritos históricos sobre a China, que se limitam a narrar acontecimentos políticos, Mudanças conta a história do povo, numa perspectiva mais intimista de um país em transformação. Avançando e recuando no tempo, Mo Yan dá vida à História, descrevendo com acutilância e muito humor os efeitos dos acontecimentos do dia-a-dia na vida do cidadão comum.

Sobre o autor

Guan Moye (Mo Yan) nasceu em 1955 na China (província de Shandong). Foi então que começou a escrever, escolhendo desde logo o seu pseudónimo, Mo Yan, que significa “não fale”. Numa entrevista recente, explicou que o nome se refere ao período revolucionário da década de 1950, quando os pais o aconselharam a não exprimir as suas opiniões em público.

Em 1981, publicou o primeiro romance, escrito quando era soldado.

Em 1987, publicou Red Sorghum (Sorgo Vermelho), que viria a tornar-se um bestseller. Foi adaptado ao cinema por Zhang Yimou e ganhou o Urso de Ouro do Festival Internacional de Berlim em 1988.

Em 1996, lançou Peito Grande, Ancas Largas, a única obra deste autor publicada em Portugal, pela editora Ulisseia. Este romance, que foi proibido na China, relata, de uma perspectiva feminina, quase um século da História do país. Devido ao teor sexual do texto, Mo Yan foi obrigado a escrever uma autocrítica ao seu próprio livro, tendo mais tarde sido obrigado a retirá-lo de circulação.

Em 2011, ganhou o prémio Mao Dun, o mais importante galardão literário do país, sendo depois eleito vice-presidente da Associação dos Escritores da China.

O seu estilo é comparado ao realismo mágico de Gabriel García Márquez.

Em 2012, recebeu o Prémio Nobel de Literatura.

Regras:

– O passatempo estará activo até dia 9 de Dezembro
– Para participar é necessário fazer “Like” na página da Divina Comédia Editores
– Os vencedores serão escolhidos aleatoriamente entre as respostas correctas
– Os vencedores receberão os exemplares em sua casa directamente da Editora
– Devem enviar-nos os seguintes dados: NOME, BI, MORADA COMPLETA e RESPOSTA

Se tiveres problemas a participar no passatempo elimina os cookies e o histórico de navegação do teu browser e tenta de novo fazer o login. Se não funcionar envia a tua participação para passatempos@ruadebaixo.com. Indica no e-mail o teu username.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This