8 ½ Festa do Cinema Italiano de regresso ao Funchal

Terraferma de Emanuele Crialese, premiado no Festival de Veneza 2011 e candidato italiano aos Óscares de Melhor Filme Estrangeiro em 2012 abre hoje pelas 21h30 a 5ª edição de 8 ½ Festa do Cinema Italiano, no Funchal. O filme faz um retrato da Sicília migrante tornada hoje terra de acolhimento. Depois de ter somado mais de 11.000 espectadores em Lisboa, o festival chega, pela segunda vez, à Madeira com quatro dias inesquecíveis de cinema italiano para ver até domingo, no Teatro Municipal Baltazar Dias. Pela sala de espectáculos, vão passar 7 longas-metragens e 5 curtas, estas reunidas numa só sessão, com o melhor do cinema

Amanhã, a festa continua com quatro sessões de cinema. Às 21h30, é exibida Scialla!, a comédia incontornável do realizador Francesco Bruni, que recebeu o prémio do público na sessão de encerramento em Lisboa.

No sábado, às 21h30, entre os 4 filmes em exibição no terceiro dia de festival, destaque para a biografia de um dos maiores ladrões de bancos da história italiana com Vallanzasca, do realizador Michele Placido.

Na despedida do festival que traz cinema italiano à capital madeirense, o festival mostra 5 curtas-metragens e duas longas, entre as quais Là-Bas, filme vencedor da secção competitiva da quinta edição de 8 ½ Festa do Cinema Italiano, para ver às 18h30. Kader Alassane, protagonista do filme, vai estar presente para apresentar a sessão e para responder às perguntas do público no final.

Os bilhetes para o festival têm um custo de 3,00€. Estudantes e maiores de 65 anos têm um desconto de 50%.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This