rdb_mundovivemos_th

Convites duplos – “O Mundo em que Vivemos” no Teatro Taborda

Contando com este espectáculo, quantas criações constam no historial do Teatro da Garagem?

5 CONVITES DUPLOS PARA PEÇA “O MUNDO EM QUE VIVEMOS”, DO TEATRO DA GARAGEM, DIA 2 DE DEZEMBRO, EM CENA NO TEATRO TABORDA (ÀS 21:30).

Fotografia de Mário Tavares – Galeria

Sinopse:

O Mundo Em Que Vivemos é uma experiência de teatro que parte de objectos inquietos e memoráveis, de natureza escultórica, criados por Carlos J. Pessoa.
Os objectos não são adereços, mas cicatrizes no espaço cénico, que respiram memórias, sussurram vozes e instalam uma reflexão sobre a vida, a que vivemos e a que gostaríamos de viver, a função do teatro, a anomia e cepticismo contemporâneos e a utopia. O jogo de contracena entre objectos e actores define uma excentricidade para o teatro que é a melhor posição para a sua afirmação enfática como não-poder.

Sobre o Teatro da Garagem:

O Teatro da Garagem (TG) é uma Companhia de Teatro que completa 22 anos de actividade continuada, no ano de 2011, e que tem dedicado o seu trabalho à pesquisa e experimentação, através da uma escrita original para teatro e da sua passagem à cena.

O TG surge no final dos anos 80, princípio dos anos 90, e reside agora no Teatro Taborda. Como o nome indica, o TG iniciou a sua actividade numa garagem de um subúrbio de Lisboa, uma zona híbrida, de mistura de paisagens e referências, que influenciou de uma forma indelével o trabalho da Companhia e a escrita do seu dramaturgo, encenador e director artístico, Carlos J. Pessoa. O modelo de fazer teatro que se propõe é aquele que passa pela ideia de Companhia como espaço que agrega um núcleo variado de criadores (dramaturgo, dramaturgista, encenador, cenógrafo, figurinista, compositor, músico, actores) e como estrutura de produção, criando as condições para que o trabalho artístico possa concretizar-se, ser visto e partilhado pelo público e pela comunidade. O percurso do TG caracteriza-se por três aspectos fundamentais, não necessariamente correspondentes a três fases independentes entre si: a procura e definição de um lugar no contexto teatral português, com contornos ideológicos identificáveis, mas nos quais o TG não encontra um enquadramento evidente; a afirmação de uma voz, que, para além da sua originalidade artística e excentricidade criativa, se faz ouvir através de temas e estilos; a equação entre o projecto artístico da Companhia e uma responsabilidade cívica, em que a arte assume o seu lugar na comunidade.

Do historial do TG constam já 63 criações, na sua maior parte a partir de textos originais para teatro, com música, também original, e diversos prémios e menções honrosas atribuídas a diferentes áreas da criação teatral: texto, encenação e produção.

Info:

Texto, encenação e peças de Carlos J. Pessoa com Ana Palma, Fernando Nobre, Maria João Vicente, Miguel Mendes, Nuno Nolasco e Nuno Pinheiro.

O Teatro da Garagem é uma estrutura financiada pela Presidência do Conselho de Ministros – Secretaria de Estado da Cultura e DGArtes e apoiada pela Câmara Municipal de Lisboa / EGEAC, EEM.

BILHETES: €10 a €5
Reservas : 21 885 41 90 | 96 801 52 51 | jbelo@teatrodagaragem.com

Regras:

– Os vencedores devem levantar os bilhetes no dia do espectáculo, até às 21:00 no local do espectáculo.
– O levantamento deve ser efectuado pelo próprio vencedor, o prémio é pessoal e intransmissível
– Devem enviar-nos os seguintes dados do vencedor: Nome, BI e Contacto Telefónico



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This