EVASION – Exposição 29 de Março a 6 Abril – Espaço Ivens 42

A série Evasion, do pintor Pedro Batista, é o épitome da palavra mudança. Com uma fusão marcada entre a figura e o fundo, os seus quadros convivem nesta coesão entre os limites do mundo e as linhas que desenham cada personagem. Segundo o artista “não há um conceito base presente no meu trabalho até porque não acredito na obrigatoriedade de se saber o significado de uma obra para se lhe reconhecer valor.”

Esta série vive da permanente sugestão de devir, da ideia de movimento e de uma permanente necessidade de evasão com figuras que, isoladamente, reflectem a solidão e o desapego. Contudo, e apesar de uma melancolia que se intui, a série Evasion não cai em padrões de tristeza pura. Antes, vive de um subtexto interno que nos liga a todos como seres humanos: a ligação emocional que temos com tudo o que nos rodeia.

E é esta palavra, mudança, que está presente em todos os trabalho de Pedro Batista, nesta série Evasion. A sua pintura conta a sua própria história no sentido em que esta reflecte um movimento interior e aprendizagem emocional. Muito envolvido com o processo criativo, Pedro Batista escolhe imagens aleatórias através de vídeos musicais, anúncios, livros e revistas, na sua maioria contemporâneos, numa reinterpretação da cultura pop combinada com o traço a estética escolhidos nesta série.

EVASION  – Exposição 29 de Março a 6 Abril – Espaço Ivens 42 (Rua Ivens 42, Chiado)

BIO

O primeiro contacto de Pedro Batista com arte foi através de amigos que davam os primeiros passos no graffiti em Portugal, em Carcavelos, onde cresceu, no início dos anos 90. Andou de skate durante todos estes anos e viver toda uma cultura rica como esta é, foi sem duvida determinante em termos de liberdade para se manter ligado à arte até hoje.

Mais tarde estudou design de comunicação, em Lisboa, e continuou o seu percurso por Nova York, onde fez uma residência em artes plásticas na School of Visual Arts em 2009. Berlim surge a seguir numa incursão de 5 meses em 2010.

Já conta com exposições colectivas em Lisboa, Açores, Atenas, Nova York e Berlim. Neste momento, Pedro Batista vive e trabalha em Lisboa.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This