Fernando Lemos e Cruzeiro Seixas presentes no doclisboa

Depois de “José & Pilar” ter sido recebido em sessão esgotada, o doclisboa tem o prazer de apresentar duas importantes sessões: Hoje pelas 19H, no Grande Auditório da Culturgest, poderão ver “Luz Teimosa”, de Luís Alves de Matos (Competição Portuguesa – Médias e Longas), sessão que contará com a presença de Fernando Lemos. Relembramos que é uma oportunidade única de falar com o fotógrafo, poeta e artista plástico do movimento surrealista.

Fernando Lemos deixou Portugal em 1953 com destino ao Brasil onde fixou residência. Dedicou-se à fotografia durante quatro anos (1949 – 1952), período a que remontam as 117 fotografias adquiridas pela Colecção Berardo. A Fundação Calouste Gulbenkian dedicou-lhe uma retrospectiva em 1994 “À sombra da luz” e em 2001 foi-lhe atribuído o prémio Nacional de Fotografia pelo Centro Português de Fotografia. Em 2006 o Sintra Museu de Arte Moderna dedicou-lhe a exposição “Fernando Lemos e o Surrealismo”.

Outra sessão de destaque é a de “Cruzeiro Seixas – o Vício da Liberdade”, de Ricardo Espírito Santo, Domingo dia 17 às 18H no Cinema Londres, sala 1. Na sessão estará presente Cruzeiro Seixas, uma importante figura do movimento surrealista português.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This