museu arte sacra

Museus de Arte Sacra

5 motivos para visitar um

Já ouviu falar de arte sacra, mas nunca visitou um museu ou exposição para observar verdadeiras obras de arte na área? Não entende porque a visita a um museu seria benéfica para si? Se esse for o caso, damos-lhe algumas razões para visitar um museu.

Caso, pelo contrário, já tenha tido contacto com a arte voltada para a religião, mostramos-lhe alguns dos museus que deve incluir no seu roteiro de arte sacra.

5 motivos para visitar um museu

1. A qualidade da história adquirida é muito diferente

Sim, ter conhecimento teórico sobre a história da arte sacra é interessante e até uma mais-valia durante a visita a um museu, mas a teoria, só por si, é apenas uma parte da verdadeira magia; a outra parte é encontrada numa visita.

Ao visitar o museu estará em contacto com verdadeiras obras de arte e artefactos que pertenceram ao passado e lhe darão uma vertente real de toda a história e conhecimento que adquiriu. Ou seja, ter todo o conhecimento sobre o teto da Capela Sistina é excelente, mas visitar o museu dá mais profundidade a esse conhecimento.

2. A viagem no tempo torna-se real

Nos museus terá peças verídicas e factos reais – ou, dependendo dos casos, o mais próximo possível da realidade. A viagem ao passado será muito fácil nestas condições!

Se possível faça a visita guiada para ter um conhecedor que o acompanhe e lhe tire todas as dúvidas ou aprofunde o seu conhecimento. Desta forma será possível ter uma abordagem da arte, das condições históricas e temporais, permitindo uma viagem ao passado com maior facilidade.

3. Pode explorar outras culturas

Explorar culturas que já existiram só é possível através dos museus, pois estes guardam artefactos essenciais para o conhecimento das mesmas. Irá encontrar peças únicas e exclusivas que já fizeram parte do passado e que, portanto, oferecem uma experiência realista.

Este ponto refere-se a museus de arte sacra, mas também a qualquer outro tipo de museus.

4. Ter mais inspiração para os seus projetos

Seja qual for a razão pela qual está a visitar o museu – escrita de um livro, abrir um grupo de discussão, continuar os seus projetos de artes, entre outros –, este é o local certo para encontrar a inspiração.

O museu irá fazê-lo viajar até ao passado, como dito anteriormente, conhecer uma nova cultura, novos hábitos e, por vezes, novas formas de pensar. Sendo assim, a probabilidade de sair do local com uma mente mais aberta e com novas ideias é muito grande. Vale experimentar, não acha?

5. Este é um programa para todos

Os museus de arte sacra podem ser visitados com familiares, colegas e amigos, tornando-se um momento de partilha e aprendizagem entre todos os envolvidos. Dependendo dos museus escolhidos e da presença, ou não, de um guia, até as crianças podem ser envolvidas em todo o conhecimento histórico e artístico.

Este também é um excelente momento para convidar colegas de trabalho ou outros que possam discutir o tema consigo, permitindo um debate e partilha de ideias. Novamente, se tiver um guia, os conhecimentos podem ser mais aprofundados e as suas dúvidas podem ser esclarecidas.

Onde podem ser encontrados museus de arte sacra?

Fonte: https://cdn.pixabay.com/photo/2018/12/20/18/10/fatima-3886468_960_720.jpg

Existem diversos locais onde pode visitar museus de arte sacra ou apenas exposições que podem sofrer alterações periódicas. Alguns dos locais onde pode esperar encontrar este tipo de arte são:

  • Museu de Arte Sacra de Arouca: inaugurado em 1933 e localizado em Arouca, distrito de Aveiro;
  • Museu de Arte Sacra de Viseu: outro museu de arte sacra em Portugal pode ser encontrado em Viseu;
  • Museu de Arte Sacra de Macedo de Cavaleiros: localizado na Casa Falcão, no mesmo local do Posto de Turismo, em Macedo de Cavaleiros no distrito de Bragança;
  • Museu de Arte Sacra do Funchal: museu encontrado no antigo Paço Episcopal, no Funchal, Madeira;
  • Museu de Arte Sacra e Arqueologia do Porto (MASA): este museu vai além de, apenas, a arte sacra e encontra-se localizado na região do Porto;
  • Museu de Arte Sacra e Etnologia de Fátima: localizado em Fátima, permite aos visitantes terem uma experiência visual da história da Salvação. Verá, ainda, peças que descrevem a Evangelização;

Grândola, Moura e Santiago do Cacém são outras regiões onde pode encontrar exposições ou museus relacionados à arte sacra, mas existem muitos outros, apenas na região portuguesa.

A melhor parte destes museus é encontrar alguns artigos religiosos para compra. Caso prefira – e para ter maior possibilidade de escolha – pode encomendar os seus artigos em sites como o Holyart.pt.

Agora que tem todas as razões pelas quais deve visitar as exposições ou museus de arte religiosa, prepare a sua próxima viagem. Faça um roteiro completo e mantenha os locais acima. Se possível, faça a reserva antecipadamente e, caso faça sentido para si, peça uma visita guiada para que tenha explicações adicionais.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This