Portugal Fashion Celebration

Portugal Fashion Celebration

"Toda a gente sabe que em fecho de portas não há lugar para pausas"

Começa assim “Celebration” o mote para o festejo dos 20 anos de existência do Portugal Fashion, através do olhar dos membros da organização. Tendo este marco iniciado na cidade de Lisboa, durante três dias encheu de magnetismo alguns dos lugares mais imponentes da cidade do Porto.

Acompanhados pela lente de Luís Ferreira colocamo-nos no meio do público, dos famosos e dos bastidores de modo a transmitir toda a ansiedade e novidade pela qual aguardávamos.

1º Dia

Coliseu do Porto

O início no Coliseu do Porto foi marcado pelos ténis presentes em quase todos os manequins e público geral, tendo sido os clássicos New Balance e as Adidas Smith os eleitos para a noite.

Portugal Fashion Celebration

As manicures deliciosamente explicavam-nos todo o processo moroso que existe para além de cabelos e maquilhagem. Realmente o meu pensamento na altura era um pouco: eu em casa demoro três horas à espera que as minhas unhas fiquem secas, como é isto possível!? Admito que pareceu um pouco o fenómeno do Entroncamento.

Lá dentro, já em cima do palco, Pedro Pedro; Júlio Torcato; Ana Baldaque; Elsa Barreto (uma estreia no Portugal Fashion) e Fátima Lopes, apresentavam as suas tendências.

Pedro Pedro e Júlio Torcato conseguiram que a OST dos seus desfiles nos colocasse imediatamente em sintonia com o propósito da coleção.

Ana Baldaque com a sua cor e o seu vestido de noiva completamente inovador sintonizou-nos numa simplicidade que se sentia ao longe.

A idade dos manequins voltou a ser questionada, assim como a sua magreza por aqueles que assistiam.

No entanto, curiosamente, tivemos a oportunidade de comer francesinha com alguns manequins.

Afinal estamos ou não a mudar o conceito de beleza?

Portugal Fashion Celebration

2º Dia

Silo-Auto

Marcado pela parceria com a Sport Zone, Katty Xiomara apresentava os seus modelos sport antes do início do desfile. Afinal não é todos os dias que podemos ir correr e transpirar em inspirações orgulhosamente portuguesas.

Acreditamos que podiam ter evidenciado um pouco mais a iniciativa. Quando perguntávamos “o que acha desta parceria?” a resposta obtida era sempre “entre quem?”.

Já dentro do espaço onde decorreria o momento tão aguardado,”Press Start!” era o mote para nos prepararmos para o que daí advinha.

Uma inspiração na gamification, sentíamo-nos transportados para um videojogo, ainda sobre forma de disquete ou quiçá MS-DOS, no qual a coleção transmitia tudo aquilo a que estilista sempre nos havia proporcionado: a conjugação de cor e o fun podem andar de mãos dadas na moda.

 

Palácio de Cristal

Ao entrar num local totalmente diferente, com uma exposição de cadeiras douradas num espaço amplo sabíamos que ali iríamos ser transportados para algo diferente: as silhuetas perfeitas de Miguel Vieira.

Mas sem dúvida que o grande aplauso foi para os “mini-manequins” que se comportaram como profissionais na passerelle, enchendo de doçura os olhos de quem os observava. Enquanto nos bastidores só conseguiam suspirar “mas eu preciso de coçar a cabeça”.

Portugal Fashion Celebration

3º Dia

ALFÂNDEGA DO PORTO

Nuno Baltazar entra quase como se uma história fosse contada levando-nos diretamente para a beleza do Quénia.

Na nossa cabeça bem lá no fundo ecoava Toto: ”I bless the rains down in Africa”.

QUARTEL SERPA PINTO

Desfile com três tipos distintos de mulher; entre o sensual, o neo-romântico e o militar, motivo que levou Luís Buchinho à escolha do Quartel de Serpa Pinto; assim como as idiossincrasias de um local abandonado.

ALFÂNDEGA DO PORTO

Na tarde deste último dia de Portugal Fashion o curto espaçamento entre os desfiles Bloom e os desfiles principais instauravam a confusão nos bastidores, com apresentações quase em simultâneo.

No Bloom tivemos a oportunidade de olhar para novos talentos e para as propostas de Inês Marques/[UN]T, Mafalda Fonseca e de alunos das escolas de moda Modatex, ESAD e EMP.

O ar harmonioso dos manequins transparecia tudo oque Luís Onofre passa para as suas criações, a beleza, o conforto e a confirmação de que sapatos nunca são demais!

A enchente de famosos sobre a passerelle levou ao rubro bastidores e público que ansiosamente aguardavam o seu desempenho.

O que nos fica deste certame é sem dúvida que, quer na abertura ou no fecho de portas, não há mesmo tempo para pausas.

 

Parabéns Portugal Fashion!

 

 

Fotografia de Luis Ferreira | galão



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This