Tempo de Antena: A Internet matou o Jornalismo?

“Blogues, Twitter, Facebook, Ipad são palavras que entraram de rompante no nosso tempo. A Internet multiplicou as possibilidades das pessoas comunicarem. Grande parte da informação que recolhemos destas novas fontes é obtida sem a mediação dos jornalistas. Coincidência ou não, o aparecimento das novas tecnologias agravou a crise da comunicação social e sobretudo dos jornais. Os grupos de comunicação multiplicam iniciativas nesta rede global, mas não conseguem encaixar o seu modelo de negócio nela. Previsões dão os jornais como mortos num futuro próximo. Será que a Internet matou o jornalismo? Ou pelo contrário, a Internet é uma força revolucionária que torna os cidadãos sujeitos em vez de espectadores e o que está em causa são os grandes grupos de comunicação que só pensam em negócio e esqueceram-se dos valores do jornalismo?

Estas são algumas das questões que pode aprofundar num debate que se vai realizar a 20 de Outubro com a colaboração do Chapitô e do Sindicato dos jornalistas”, Nuno Ramos de Almeida, Jornalista.

Oradores:

Daniel Oliveira – Bloguer “O Arrastão”
Filipe Caetano – Jornalista da TVI
Nicolau Santos – Director-Adjunto do Semanário Expresso

Moderador:

Nuno Ramos de Almeida – Sindicato dos Jornalistas

Quarta 20 de Outubro – 22H – Bartô – Chapitô



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This