A Escola da Noite apresenta dois espectáculos em simultâneo

Maio é um mês repleto de teatro na Cerca de São Bernardo. Para além dos dois novos espectáculos d’A Escola da Noite (um deles em estreia absoluta), a companhia recebe na sua casa duas peças da ACTA – Companhia de Teatro do Algarve, no âmbito da rede Culturbe.

“O Abajur Lilás”, de Plínio Marcos, estreado há menos de um mês na cidade de Évora, chega a Coimbra no dia 16 de Maio para uma temporada de duas semanas. Com encenação de António Augusto Barros, esta co-produção com o Cendrev apresenta um elenco misto. Três prostitutas – Dilma, Célia e Leninha (interpretadas, respectivamente, por Rosário Gonzaga, Ana Meira e Maria João Robalo) – partilham o quarto onde vivem e trabalham. O proprietário do prostíbulo (Giro/José Russo) exerce pressão sobre elas para que aumentem a produtividade, socorrendo-se sempre que necessário de Osvaldo, o seu capanga (Miguel Lança).
O espectáculo está em cena no Teatro da Cerca de São Bernardo até 27 de Maio, de terça a sábado à noite e aos domingos à tarde.

em estreia: Santíssima Apunhalada
Apenas uma semana depois da estreia em Coimbra de “O Abajur Lilás”, A Escola da Noite estreia um novo espectáculo, apresentado em horário alternativo. Na sequência do trabalho que vem desenvolvendo em torno da dramaturgia espanhola contemporânea, a companhia apresenta agora “Santíssima apunhalada”, peça curta de Antonio Onetti, um dos autores que recentemente vieram a Coimbra a convite d’A Escola da Noite. O espectáculo tem encenação e interpretação de Igor Lebreaud e Miguel Magalhães: na Sevilha dos dias de hoje, nas vésperas da Semana Santa, um ladrão mal encarado e um travesti anafado e cinquentão encontram-se num jardim, sob o olhar da Virgem, a quem alguém roubou as jóias.
Com a duração aproximada de 30 minutos, o espectáculo estreia a 22 de Maio e é apresentado ao final da tarde (19h00), numa curta temporada de seis dias consecutivos (terça a domingo).

dois espectáculos da ACTA
Logo após as temporadas dos novos espectáculos d’A Escola da Noite, é a vez da ACTA – Companhia de Teatro do Algarve regressar ao palco do TCSB, com uma proposta dupla: “Laços de Sangue” e “Cavalo manco não trota”, ambos com intepretação de Luís Vicente, director artístico do grupo (ao qual se junta, no primeiro caso, o actor Mário Spencer).



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This