Cinema de acção de Hong Kong em Lisboa

De 24 a 28 de Novembro, a Mostra de Cinema de Hong Kong regressa a Lisboa para a sua segunda edição. No Cinema City Classic Alvalade serão exibidos oito filmes produzidos nesta Região Administrativa Especial da China, que estão integrados numa programação que percorrerá várias cidades europeias nos próximos meses. A organização é da Zero em Comportamento.

Este ano, a selecção da Mostra de Cinema de Hong Kong centra-se nalguns dos filmes de acção mais marcantes produzidos na região, onde este género cinematográfico é o mais popular. A abertura, a 24 de Novembro, cabe a “Night and Fog”, da conceituada realizadora Ann Hui e, nos dias seguintes, o programa apresenta “Running Out of Time”, de Johnnie To (homenageado no IndieLisboa em 2008), “Crime Story”, de Kirk Wong, “Invisible Target”, de Benny Chan, “The Long Arm of the Law”, de Johnny Mak, “Overheard”, de Felix Chong, “Rebellion”, de Herman Yau e “Written by”, de Wai Ka-Fai (argumentista frequente dos filmes de Johnnie To).

Em Portugal, a Mostra de Cinema de Hong Kong é desenvolvida pela Zero em Comportamento (organizadora do IndieLisboa), em parceria com o Hong Kong Economic and Trade Office de Bruxelas, pelo segundo ano consecutivo. O objectivo é dar a conhecer, na Europa, a diversidade e vitalidade da produção cinematográfica de Hong Kong. Os filmes são seleccionados pela Hong Kong Film Society, uma organização sem fins lucrativos que se dedica à descoberta e promoção da criatividade na indústria cinematográfica e que organiza, também, o Hong Kong International Film Festival.

INFORMAÇÕES ÚTEIS
Mostra de Cinema de Hong Kong
24 a 28 de Novembro

Cinema City Classic Alvalade
Av. De Roma, 100, Lisboa
tel. 21 841 30 40

Preço dos Bilhetes: 3,5€

Todos os filmes são legendados em português e inglês

PROGRAMA

24 Novembro, 4ª feira | sala 3 | 21h45
“Night and Fog”
De Ann Hui, 2009, 122’
Com Simon Yam, Zhang Jingchu

“Night and Fog” explora o lado sombrio de área mais notável de Hong Kong, Tin Shui Wai. Baseado num caso real sobre o assassinato de uma família naquela zona em 2004, o filme conta a história de um homem desempregado, da sua jovem mulher e das filhas gémeas do casal. As suas vidas são tudo menos felizes, e o desfecho chocante a que assistimos leva-nos a levantar questões sobre a situação das classes menos favorecidas da sociedade.

25 Novembro, 5ª feira | sala 4 | 21h45
“Crime Story”
De Kirk Wong, 1993, 106’
Com Jackie Chan, Kent Cheng

Jackie Chan interpreta Eddie Chan, um polícia que tenta livrar-se dos seus demónios empenhando-se na sua mais recente missão: resgatar o empresário Huang Yifei. Esta missão leva Chan e o seu parceiro Hung a viajarem entre Hong Kong e Taipei. À medida que o tempo passa, Chan começa a suspeitar que há forças internas – incluindo Hung – que parecem trabalhar contra ele. Ao ouvir uma conversa entre Hung e os raptores, Chan descobre o seu esconderijo. Para evitar que Chan estrague o seu plano, Hung decide eliminá-lo. Será que Chan consegue impedir Hung de levar a melhor? Conseguirá Chan resgatar Huang?

26 Novembro, 6ª feira | sala 4 | 19h00
“Invisible Target”
De Benny Chan, 2007, 128’
Com Nicolas Tse, Shawn Yue, Jaycee Chan

Três polícias impulsionados por diferentes motivos decidem juntar forças para derrotar Tien e o seu bando. Chan procura Tien por ser o autor de um assalto onde a sua noiva Ka-yee foi morta há seis meses; o inspector Fong foi atacado por Tien enquanto fazia uma “operação stop”; o polícia King-ho está à procura do seu irmão desaparecido, infiltrado no gangue de Tien há dois anos.
Os três juntam-se e acabam por descobrir que o roubo foi feito por um homem desconhecido. Com a coragem de King-ho, a sabedoria de Fong e agilidade de Chan, os três homens estão determinados a não deixarem escapar Tien nem o assaltante incógnito.

26 Novembro, 6ª feira | sala 4 | 21h45
“The Long Arm of the Law”
De Johnny Mak, 1984, 110’
Com Lam Wai, Chan King, Ben Lam

Um gangue influente de Guangzhou é contratado para fazer um assalto em Hong Kong. O roubo corre mal e o gangue acaba por ser traído e perseguido por ambos os lados da lei. Um thriller frenético sobre crime, dominado pela paisagem urbana que se tornou a imagem de marca do bem sucedido género de crime em Hong Kong nos anos 80 e 90. A violência do filme é, no entanto, contrabalançada por manifestações de sentimentalismo e pessimismo.

27 Novembro, sábado | sala 4 | 19h00
“Overheard”
De Alan Mak e Felix Chong, 2009, 100’
Com Lau Ching-wan, Louis Koo, Daniel Wu

Dois polícias descobrem um esquema da bolsa durante uma acção de vigilância. Não imunes à tentação do dinheiro fácil, depressa investem em vários negócios graças à informação privilegiada a que têm acesso, arrastando com eles um terceiro polícia. Entretanto, o esquema é descoberto. Um filme sobre negócios obscuros, da autoria dos criadores de Internal Affairs.

27 Novembro, sábado | sala 4 | 21h45
“Running Out of Time”
De Johnnie To, 1999, 93’
Com Andy Lau, Lau Ching-wan

Este delicioso filme de golpadas com toques de realismo mágico e engenho diabólico é o título
mais francês de Johnnie To (à maneira de Melville). Numa actuação brilhante, Andy Lau é um mestre do roubo que tem uma doença fatal (o síndroma do “tiquetaque” tão popular no fin de siècle do cinema de Hong Kong) e, como último gesto, organiza um elaborado assalto de jóias. O seu instrumento é o reputado polícia interpretado por Lau Ching-wan: os dois compõem o imprevisível jogo ‘do gato e do rato’ que move este clássico do cinema-espectáculo. Um caso exemplar de como To se apropria de um género comercial – o filme foi um significativo sucesso de bilheteira – propondo-o, também, como objecto artístico, através do seu brilho artesanal e da subversão.

28 Novembro, domingo | sala 4 | 19h00
“Written by”
De Wai Ka-Fai, 2009, 85’
Com Lau Ching-wan, Kelly Lin

Melody tem 12 anos e perdeu o pai Tony há dez, num acidente de automóvel. Desde essa altura que vive com a sua mãe, Mandy, e o seu irmão mais velho, Oscar. Uma década depois, já adulta, Melody tenta libertar a sua mãe do sofrimento em que tem vivido pela morte do marido. Como forma de terapia, decide escrever um romance com a mãe e o irmão, encontrando, assim, uma forma de trazer o pai de volta à vida e da família voltar a reunir-se com ele, ainda que num universo ficcional.

28 Novembro, domingo | sala 4 | 21h45
“Rebellion”
De Herman Yau, 2009, 100’
Com Shawn Yue, Elanne Kong, Chapman To

Conhecido pela sua instabilidade, o distrito Este é dominado por cinco gangues. Os seus líderes Jimmy, Café, Jupiter, Sa Chi e Man Sing partilham o poder neste território. Enquanto os gangues continuam activos no tráfico ilegal, a polícia anseia por uma oportunidade para os deter. Uma noite, Jimmy é atacado por um jovem armado. Wah, a mulher de Jimmy, contrata Po para descobrir quem foi o autor do crime e tratar do assunto, sob a condição de ninguém saber do seu acordo. Entretanto Blackie, o sucessor de Jimmy, dá início a uma guerra com os outros gangues. A disputa pela ocupação de novos territórios leva-os a um confronto violento. A luta entre a justiça e as trevas está prestes a começar.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This