Filho da Mãe com convidados no TMM, dia 24 maio às 22h00

A estreia de Filho de Mãe no Teatro Maria Matos faz-se num concerto especial que junta repertório de Palácio, novas composições e convidados de peso, Cláudia Guerreiro, Hélio Morais, João Nogueira, Makoto Yagyu e Shela.

Editado no verão de 2011, o álbum Palácio juntou composições construídas por ideias acústicas que Rui Carvalho foi trabalhando, sem pressa, ao longo os últimos anos. Esta é a definição mais normativa de uma primeira obra, e embora pareça apenas unir num instante o que uma vida demorou a acumular, é o modo mais transparente de avaliarmos o potencial de uma linguagem própria. E a linguagem de Filho da Mãe está indissociavelmente ligada à sua vida entrincheirada no rock — por exemplo, nos If Lucy Fell, onde ainda reside. É de lá que vêm algumas das regras físicas da relação trepidante que tem com a sua guitarra clássica, percutindo-a como num duelo, sem que a sua delicada lírica — que magistralmente evoca a guitarra portuguesa — lhe falhe uma única vez. Palácio foi sobretudo uma obra a solo, mas que escondeu, nos seus bastidores, amizades e influências insubstituíveis. Para celebrar com pomp a e circunstância o início de uma nova etapa, alguma da impressionante força motriz de projetos como PAUS, Linda Martini, If Lucy Fell ou Riding Pânico é convidada por Rui Carvalho para participarem nas novas composições de Filho da Mãe.

“Ele há guitarristas com electricidade lá dentro, e este é um deles, é o tipo de guitarrista que eu admiro. (…) Genial e original de um grande poder de abstracção e obsessão de linhas de guitarra em movimento continuo em contextos e ambientes diferentes, ouve-se a rua, as gentes que passam, ouve-se Lisboa, o mar, o silêncio e todo um imaginário que por vezes nos deixa sem fôlego! Filho da Mãe!”

Tó Trips

guitarra clássica Rui Carvalho
baixo Cláudia Guerreiro
guitarra elétrica, acústica João Nogueira
baixo Makoto Yagyu
teclados Shela
bateria Hélio Morais



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This