LUDIVINE SAGNIER & JACQUES FIESCHI NO CINECOA

Para esta  primeira edição do CINECOA várias são as personalidades que marcam presença, entre elas a actriz Ludivine Sagnier e o cineasta e argumentista Jacques Fieschi a quem foram oferecidas cartas brancas. Ludivine Sagnier é uma das mais importantes actrizes do actual cinema francês, com uma filmografia que se aproxima dos cinquenta títulos. Conseguiu fazer perfeitamente bem a transição no ecrã da infância para a adolescência e para a jovem idade adulta. É uma actriz versátil, que trabalhou em diversos tipos de filmes: dramas, comédias e filmes de época.

A actriz escolheu os filmes “O que o Céu Permite” 1955, de Douglas Sirk e “Com os pés descalços nas lesmas” 2010 de Fabienne Berthaud onde Ludivine é uma das actrizes principais.

Formado pela cinefilia, Jacques Fieschi foi crítico de cinema durante vários anos. Em fins dos anos 70, fundou em Paris a revista mensal Cinématographe, da qual foi editor chefe e que em breve se afirmou como uma das melhores de França, antes de ser vendida e encerrar em 1985. Em 1984, Jacques Fieschi inicia com êxito a sua carreira como argumentista. Nomeado três vezes para César ao melhor argumento nos filmes, Un Coeur en Hiver/Um Coração no Inverno (1993), Nelly et Monsieur Arnaud (1996) e Place Vendôme (1998). Em 2006 realiza a sua primeira longa-metragem “La Californie”.

Escolheu os filmes “Tabu” 1931 de F. W. Murnau e “Um Coração no Inverno”  de 1992.

Para mais informações consulte o site oficial.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This