LUX | 10 de Julho | HAHN-BIN

Imagine o que aconteceria se Judy Garland, Freddie Mercury, Jacques Brel, Donna Summer e Charlie Chaplin criassem um espectáculo da Broadway especialmente para violino. Esta é uma das premissas de Till Dawn Sunday, espectáculo do prodigioso violinista HAHN-BIN, pela primeira vez em Portugal, após concertos no Carnegie Hall e no MOMA (foi o primeiro músico de formação clássica a apresentar-se no Museum of Modern Art).

Com apenas 24 anos, HAHN-BIN é conhecido tanto pelo seu virtuosismo como pelo rigor estético e extravagância visual. Foi um dos melhores alunos do lendário Itzhak Perlman, unanimemente considerado como um dos mais extraordinários violinistas dos últimos 100 anos. Entre os admiradores de HAHN-BIN contam-se Lou Reed, Laurie Anderson e Madonna que o convidou a participar no seu último álbum MDNA.

Ao Lux, HAHN-BIN, vai trazer o espectáculo Till Dawn Sunday, parte do seu projecto The Renaissance of Classical Music. Música, movimento e imagem fundem-se em Till Dawn Sunday, criando uma experiência hipnotizante e inesquecível. Mais do que um concerto, HAHN BIN apresenta uma autêntica performance que leva o público numa aventura a que ninguém fica indiferente.

De Danse Macabre a Somewhere Over the Rainbow, de Piazolla a Gershwin, um enorme caleidoscópio de cores e sons vai invadir a discoteca do Lux por uma noite apenas.

LUX
10 DE JULHO
22h00



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This