\Obrigado pelos objectos que me mandou…

Homenagem a António Pocinho (18 de Outubro de 1958 – 11 de Agosto de 2010). A propósito do 53º ano em que António Pocinho “ foi seleccionado para um lugar que estava em aberto aqui na terra”, a ZDB associa-se a um grupo de artistas e amigos (habitantes do planeta) para assinalar mais uma passagem das 53 órbitas do escritor. Com a duração aproximada de 1h, este espectáculo marca também a data de reposição das suas últimas publicações e o lançamento do site que pretende divulgar a obra do autor.

Os presentes nesta iniciativa, entre os quais – Adelino Tavares, barbara says, Carlos Moisés, Diana Almeida, Didier Hochart, Francisco Rebelo, Gimba, Joana Bagulho, Jorge Rivotti, JP Simões, Margarida Vale de Gato, Natxo Checa, ohabitante, Rui Zink, Ruy Otero, Samuel Úria, Tiago Gomes, Tiago Taron – interpretarão textos do autor, mas garantem também algumas obras criadas especificamente para esta homenagem. Para quem aparecer, barbara says preparou uma brochura com os textos que o autor escreveu para a Flirt. Música, performance, recitais e video, por admiração e amizade a António Pocinho.

De referir ainda que os interessados e os menos interessados deverão estar atentos a estas conjugações de palavras que novamente vão estar nas montras das livrarias: Os Pés Frios Dentro da Cabeça (1999), A Ilustre Máquina de Ramires (1999) e Os Mistérios de Casimiro (2002).



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This