cama2

Ribeira do Porto Hotel

Namorar o Porto à beira-rio

Nem sempre precisamos de ir muito longe para fugir da rotina. Às vezes, só precisamos de meia dúzia de euros e de um pretexto para partir à descoberta do lado misterioso de uma cidade que já pensávamos ter calcorreado vezes sem conta, mas que ainda (e sempre) nos consegue surpreender.

O Porto é um desses locais, sempre com algo por desvendar, mas ansioso por se dar a descobrir… Por isso, basta encontrar o pano de fundo para mais uma aventura e seguir viagem.

O Ribeira do Porto Hotel é um bom ponto de partida para quem quer visitar esta cidade, ao oferecer a quem por lá passa momentos de calma e descanso em pleno coração do Porto, plantado à beira-rio e com vista privilegiada para a Ponte D. Luís I e o Rio Douro.

Acabado de se instalar bem em frente ao famoso Cubo da Ribeira, este hotel (que nasceu da fusão de dois antigos edifícios recuperados na travessa onde a Praça da Ribeira e a Rua Fonte Taurina se encontram) consegue ser a junção perfeita entre novo e antigo, entre moderno e tradicional.

Com a sua decoração elegante e contemporânea, acompanhada de imagens que lembram o Douro e a apanha da uva, o Ribeira do Porto Hotel está a meio caminho entre o futuro e o presente, sem esquecer o passado.

E isso está presente logo na entrada, onde somos cumprimentados pelo staff simpático e prestável e por um pequeno gato que se abriga da noite ao pé da porta, servindo de mascote e completando o cenário tão profundamente belo quanto portuense.

Os 18 confortáveis quartos continuam esse trabalho, fazendo a ponte entre o design sóbrio e a tradição portuguesa e explorando as cores que pontuam o espaço: as madeiras e a pedra do edifício restaurado, com as janelas típicas aos “quadradinhos”, com vista para o rio, para as coloridas casas que nos ladeiam e para os toldos dos cafés ribeirinhos.

A isso juntam-se as indispensáveis “modernices”, como ar condicionado, tv digital ou o secador de cabelo, que partilham o espaço com fotografias antigas a preto e branco e os produtos da Saboaria Portugueza, tudo em perfeita harmonia.

Deixamo-nos enamorar pela vista e pelas gaivotas, pelos candeeiros e pelos barcos rabelos e nem precisávamos de sair do quarto para explorar o tanto Porto que nos rodeia… Mas antes de nos fazermos à estrada (ou melhor, ao rio), é obrigatória a passagem pelo “Tasca Bar”, um bar ao estilo tasca antiga portuguesa, com mesas em mármore, cadeiras de pau e namoradeiras à janela.

É lá que é possível aproveitar o delicioso buffet de pequeno-almoço, continental na essência, mas onde o bacon e os ovos mexidos não se importam de dividir o prato com os croissants quentinhos ou o pão de cereais.

Findo o repasto e desfolhados os recantos do hotel (que tem, entre outras coisas, fraldário nas casas de banho masculina e feminina e citações inspiradoras a adornar as paredes rumo ao moderno elevador), é hora de continuar a aventura do lado de fora.

Fica a sugestão de um passeio pelo rio com direito a vista privilegiada das pontes portuenses: o bilhete pode ser adquirido literalmente ao lado do hotel e a viagem começa a alguns metros de distância.

Se a chuva não perdoar, também não há problema: o hotel dispõe de guarda-chuvas para alugar ou vender se o tempo não colaborar… Ou podemos sempre voltar para o quentinho do quarto e ver o Porto da janela, aconchegados na vista do rio e nas luzes da Serra do Pilar.

O Porto consegue ser sempre mágico para quem visita, mas há pontos de partida que o tornam ainda mais inesquecível…

 

Ribeira do Porto Hotel

Praça da Ribeira, nº5, Porto, 4050-513

 

Fotografia de Jonathan da Silva 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This