TRÊS MULHERES De Sylvia Plath

Poema dramático sobre a maternidade e a criação artística. A voz da poetisa é dividida em três para dar vida a três mulheres que a representam em diferentes situações e momentos da sua própria vida. Cada uma das três conta histórias sobre ficar grávida, dar à luz, abortar e voltar à rotina do dia-a-dia. Fala-se de fertilidade mas também de fertilidade estética. No fundo trata-se do parto de si própria e de nós próprias enquanto projecto artístico, com todas as dores, alegrias e contradições inerentes.

De 3 a 20 de Maio no Centro Cultural da Malaposta

Encenação e Conceção Visual RAQUEL DIAS
Atrizes ANA MOREIRA, MARGARIDA CARDEAL e RAQUEL DIAS
“I would live a life of conflict, of balancing children, sonnets, love and dirty dishes”
Sylvia Plath



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This