ARRANCA A 2 DE NOVEMBRO O CICLO DE CINEMA DA EXD’11/LISBOA

Integrado na 6ª edição da bienal, arranca na próxima 4ª feira, dia 2 Novembro, o ciclo de cinema programado por Ricardo Matos Cabo numa co-produção da EXD’11/Lisboa e da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema. Pela primeira vez, realizam-se 2 ciclos de cinema simultaneamente: Resíduos um programa documental elaborado à volta deste conceito e Colisões uma selecção de 34 filmes do grande pioneiro do cinema de animação Robert Breer.

Resíduos realiza-se no seguimento do anterior ciclo de cinema Contar o Tempo (EXD’09) cuja ideia central é um olhar sobre aquilo que fica e permanece, dos resíduos do tempo, da história e do material, num conjunto de 29 filmes em 11 sessões.

O ciclo conta com a presença de Hartmut Bitomsky, escritor e ensaísta, cineasta e produtor, que apresentará o seu filme STAUB “PÓ” de 2008 e Klaus Wyborny, um dos mais importantes cineastas experimentais alemães.

Wyborny, regressa a Lisboa para apresentar o seu último filme “Estudos sobre o Declínio do Ocidente” e realizar uma conferência sobre a influência da obra de Robert Breer nos seus próprios filmes e técnicas de composição.

Colisões é uma celebração da obra cinematográfica de Robert Breer e da sua inventividade e abordagem singular ao cinema de animação. Este ciclo, faz referência a uma das formas preferidas do realizador de trabalhar com as imagens (e a sua relação com o espectador). Concentrando em 4 sessões momentos distintos da sua filmografia, do seu início até ao último filme, foram acrescentados ainda dois apontamentos documentais sobre a sua obra.

Será a oportunidade de ver pela primeira vez em Portugal filmes da obra de Breer que levou a experimentação visual às mais extremas consequências técnicas e poéticas.

Estes dois ciclos, que se estendem até dia 9 de Dezembro, apresentam filmes inéditos e será a ocasião para descobrir ou rever a obra de grandes realizadores.

 



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This