CATEDRAL DE VISEU RECEBE NOVAS SONORIDADES | JARDINS EFÉMEROS 2015

A criação única “Cidade Museu” de Pedro Rebelo, Ricardo Jacinto, Franziska Schroeder e André Cepeda acontece já amanhã, dia 10 de Julho, na Catedral de Viseu. A performance explora cinco espaços devolutos ou em transição de Viseu através do conceito de ressonância. O projecto reúne uma equipa de músicos ligados à música contemporânea, electroacústica e improvisação com um artista plástico focado na fotografia e no vídeo. A Cidade Museu vem, nesta performance, expor o contraste entre a imponência e arquitectura multi-facetada da Sé Catedral com espaços que se espalham pela cidade à espera de um novo futuro.

Sábado, 11 de Julho, é o dia de Holly Herndon invadir o claustro da Catedral de Viseu. A compositora, música e artista americana que se tem afirmado um dos principais valores da electrónica pós-tecno, apresenta no claustro – Platform – novo álbum lançado no mês passado e editado pela 4AD.

Durante o fim de semana, o palco construído especialmente para os Jardins Efémeros no Adro da Sé – a peça “Lar-circu-lar” da autoria de Pedro Tudela – recebe Tó Trips que apresentará o novo disco “Guitarra Malaka – Danças a um Deus Desconhecido” e Trans-Aeolian Transmission. O Claustro do Museu Nacional Grão Vasco recebe o projecto da dinamarquesa Frederikke Hoffmeier – Puce Mary -, a compositora e performer italiana de música electroacústica Caterina Barbieri, e Pedro Tudela e Max Hill para terminar as noites.

FOJO, espaço criado na antiga garagem da Renault, no Largo Santa Cristina, da responsabilidade da Associação “Fora de Rebanho”, será invadido até domingo pelos projectos: Liqidu Oht e Umano, Amaterazu, Ressonância (Jam Everywhere), Astrodome, The Quartet of Woah, entre outros. Ainda mais projectos musicais podem ser descobertos no “Jardim Errante”, um palco sobre quatro rodas, que acolherá Azinkron, de Luís Marques, ACID ACIDLuís Antero e Volcano Skin.

Até Domingo ainda há tempo para assistir a teatro, com Daniel Macedo Pinto ou Jorge Fraga, a documentários sobre arquitectura e conferências sob o tema a “A Luz da Cidade”, inseridas no programa do NARV (Núcleo de Arquitectos da Região de Viseu). Há ainda cinema ao ar livre com o filme Don’t Come Knocking, de Wim Wenders, para encerrar a noite de Domingo.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This