DOÇURA E TRAVESSURA NO 31 com Ka§par

Ka§par é um colaborador de longa data do Trintaeum (e da RDB), e quis o Destino na sua ironia eterna, que, este ano, (e depois de longa ausência na noite do Porto) ele atravessasse a ténue linha entre o mundo alfacinha e o universo Invicto para que nesta noite pudesse partilhar a sua mala de discos com os noctívagos ribeirinhos. Peculiar esta coincidência, já que (qual uma alma penada, que nesta noite tem acesso fugaz ao mundo dos vivos) é no dia Trintaeum de Outubro, que Ka§par visita uma terra onde tem sido raramente avistado nos últimos tempos.

Coisa difícil de se justificar, se pensarmos que se trata de um dj e produtor consagrado desde há muitos anos, com tantos e valiosos argumentos a seu favor, que se justifica em pleno o cognome d’ “O Prodígio” (como foi considerado, o mês passado, na festa realizada no Lux, onde actou com outros dois artistas de comparável filosofia : Kyle Hall e Joy Orbinson).

Entre A&R de uma editora de sucesso, projectada internacionalmente – a Groovement, que fundou com Rui Torrinha – e produtor de topo que já assinou por outras editoras europeias de renome como a Clone ou a 4Lux, as actividades de Ka§par multiplicam-se ainda como deejay a tempo inteiro, cronista da revista Rua de Baixo e embaixador da Red Bull Music Academy em Portugal (bem como curador do programa de rádio da RBMA na Antena 3 Dança).

Um exímio executante técnico, Ka§par é um deejay festivo, que conhece intimamente não só a sua música (que escolhe e mistura), como os processos psicológicos que os seus ouvintes sentem e experiência. Natural, num artista que, aos 28 anos já conta com mais de 15 dedicados à música e ao circuito nocturno.

Dito isto, a decisão já não é “estar ou não estar”, mas sim “doçura ou travessura”!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This