“LIXO EXTRAORDINÁRIO” GANHA PRÉMIO DO PÚBLICO NO FESTIN

“Lixo Extraordinário”, o multi-premiado documentário brasileiro de Lucy Walker, João Jardim e Karen Harley, que está já em exibição nos cinemas City Classic Alvalade, em Lisboa, Parque Nascente, em Gondomar e Almada Fórum, em Almada, ganhou o Prémio do Público e uma Menção Honrosa do Júri no FESTin.

O filme foi recebido com entusiasmo pelo público português, bem como pela crítica.

Lixo Extraordinário foi nomeado para o Óscar de Melhor Documentário e tem conquistado o público e a crítica em todos os festivais onde foi exibido, pela forma sensível e digna como retrata o trabalho de Vik Muniz, um dos maiores artistas brasileiros contemporâneos e um grupo de pessoas que trabalham numa lixeira.

O artista brasileiro Vik Muniz cria fotografias usando pessoas e materiais dos locais onde elas vivem e trabalham. Na sua série “Sugar Children” fotografou retratos de crianças pobres usando açúcar das plantações do Caribe. Quando os realizadores Lucy Walker, João Jardim e Karen Harley começam a seguir o trabalho de Muniz, o fotógrafo estava a desenvolver a ideia para o seu próximo projecto. Muniz sabia que queria trabalhar com o lixo, mas ainda não tin há decidido o local. É então que decide ir até ao Jardim Gramacho, a maior lixeira do mundo, localizada no Rio de Janeiro. No Jardim Gramacho, Muniz conhece os catadores do lixo, homens e mulheres que separam o lixo que se pode reciclar de todo o restante. Serão eles os protagonistas do seu novo trabalho e com isso ganharão também uma força e uma dignidade que mostra que a arte tem também um poder transformador.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This