Teatro do Montemuro volta a Coimbra

O Teatro do Montemuro apresenta terça e quarta-feira, no Teatro da Cerca de São Bernardo, o espectáculo “Remendos”, de Thérèse Collins. Presença regular nos palcos da cidade, o grupo de Campo Benfeito traz a Coimbra a sua mais recente produção, no âmbito da rede Culturbe.

“Remendos” é uma viagem comovente e divertida à mente conturbada de uma mulher”, feita “entre o real e surreal”. Inês é a jovem mais bonita da sua aldeia. Irreverente e cheia de vida, é confrontada com o “arranjo” de um casamento e com a pressão da comunidade, “que julga e leva as suas presas ao limite, empurrando-as para o abismo”. Haverá esperança para ela? Terá ela força para impedir que sejam outros a traçar o seu destino?

A companhia sediada na aldeia de Campo Benfeito (Castro Daire), que ao longo dos seus 16 anos de actividade construiu e consolidou uma linguagem artística própria e reconhecida no panorama teatral português, volta a apresentar um texto inédito de Thérèse Collins, desta vez com encenação de Paulo Duarte e interpretação de Abel Duarte, Eduardo Correia, Isabel Pinto, Paulo Freitas e Rebeca Cunha. A direcção musical é de Ricardo Rocha e Carlos Adolfo e a cenografia e os figurinos são de Ana Limpinho, colaboradores habituais da companhia.

As apresentações em Coimbra, marcadas para 11 e 12 de Outubro (terça e quarta-feira), às 21h30, ocorrem no âmbito do intercâmbio regular entre o Teatro do Montemuro e A Escola da Noite e da rede Culturbe, projecto de programação financiado pelo QREN que une o TCSB ao Theatro Circo, de Braga, e ao Teatro Garcia de Resende, de Évora. No âmbito da mesma rede, A Escola da Noite acolhe ainda este mês “Nortada”, um dos espectáculos que integra a residência artística de Olga Roriz em Coimbra, entre 18 e 26 de Outubro.



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This