Web Summit 2019

Web Summit no Japão, à Malásia e ao Brasil em 2022

Evento de Lisboa vai ter duas réplicas em 2022.

A Web Summit acaba de anunciar que, para além do evento que mantém em novembro em Lisboa, vai organizar a Web Summit Tokyo em setembro de 2022. Na Ásia, vai haver outra mudança: a conferência que se realizava em Hong Kong, na China, migra para Kuala Lumpur, na Malásia. No mesmo ano, há ainda a estreia no Brasil, sendo que a cidade ainda não é certa.

Em plena Web Summit Lisboa, e entre polémicas por causa do contrato, o evento anuncia planos para outras cidades. O ministro da Economia, Comércio e Indústria, a par do Governo Metropolitano de Tóquio, acordaram uma parceria de cinco anos que levará o evento à capital japonesa.

“O Japão é o país perfeito para receber a Web Summit. Durante décadas, foi um líder global em inovação, construindo algumas das tecnologias mais sofisticadas e avançadas que são usadas nos dias de hoje”, afirma o CEO da conferência, Paddy Cosgrave, no comunicado enviado às redações.

Ainda no mesmo continente, o evento asiático organizado pela Web Summit, o Rise, vai mudar-se de Hong Kong para Kuala Lumpur, e está assente que será também um evento físico. Já na América Latina, em 2022, uma de duas cidades – Rio de Janeiro ou Porto Alegre – deverá receber também a conferência. Ambas estão, para já, a fazer o seu “pitch”.

Apesar de todas as novidades, o evento vai regressar a Lisboa no ano de 2021, no formato físico, onde deverá receber mais de 70.000 participantes. O objetivo é no ano seguinte duplicar para os 140 mil participantes, segundo o contrato assinado com o Governo português



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This