Alabama Shakes, Palma Violets e Everything Everything confirmados no Vodafone Paredes de Coura 2013

“Um trio de luxo. É o mínimo que se pode dizer das novas confirmações do Vodafone Paredes de Coura. Alabama Shakes, Palma Violets e Everything Everything, três dos mais conceituados nomes do indie actual, integram o line up do festival a par dos já anunciados The Kills, Belle and Sebastian, Calexico, Toy, Bombino e Justice.

No dia 14 de Agosto, os Alabama Shakes trazem ao Vodafone Paredes de Coura as canções de “Boys & Girls”, o álbum de estreia nomeado para três Grammy Awards nas categorias de Artista Revelação, Melhor Actuação Rock com o tema “Hold On” e Melhor Capa de Álbum. Os Alabama Shakes são Britanny Howard, a vocalista e guitarrista que destila rock’n’roll, o baixista Zac Cockrell, a alma R&B da banda, Steve Johnson, o baterista declaradamente punk-rock, o teclista Ben Tanner e o guitarrista Heath Fogg. Ao vivo, os Alabama Shakes arrebatam plateias… para comprovar no Vodafone Paredes de Coura.

“A melhor maneira de ver uma banda de rock é vê-la tocar ao vivo”, diz o baixista dos Palma Violets, Jesson Chilli. A banda, que actua no Vodafone Paredes de Coura a 17 de Agosto, odeia estúdios de gravação, foge do YouTube, Facebook e sucedâneos e cresceu sem nenhuma estratégia de marketing que norteasse os seus passos. Na realidade, os Palma Violets afirmaram-se da forma mais tradicional: pelo “passa-a-palavra”. Uma sonoridade garage rock, primitiva e urgente, que colocou os Palma Violets na rota dos melhores palcos do mundo. O Vodafone Paredes de Coura é um deles.

Em 2013, os Everything Everything brindam os fãs do Vodafone Paredes de Coura com duas actuações: a primeira no Warm-up Vodafone Paredes de Coura a 12 de Abril, no Porto e a segunda no festival, a 15 de Agosto. Tudo está a acontecer rapidamente para os Everything, Everything: público e indústria musical rendidos, “Cough Cough”, o primeiro single do recém-editado segundo álbum “Arc”, entrou no Top 40 do Reino Unido, o convite dos Muse para serem a banda de suporte da digressão do passado Outono e os espectáculos que esgotam num piscar de olhos. Suspeita-se que a dose dupla de concertos no Vodafone Paredes de Coura não seja suficiente para satisfazer os fãs dos Everything Everything…”



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This