conferência internacional Dois Graus

Nos dias 6 e 7 de Maio de 2011, o Maria Matos Teatro Municipal (Lisboa) e a Transforma (Torres Vedras) organizam uma conferência internacional, intitulada Dois Graus, sobre Arte, Alterações Climáticas e Desenvolvimento Sustentável.

No dia 6 de Maio, Peter Tom Jones, pesquisador na área da Ecologia Industrial na Universidade de Lovaina (Bélgica) e Julie Bromilow, Directora de Educação do Centro de Tecnologias Alternativas (País de Gales), apresentam um enquadramento da situação actual e apontam caminhos de transição para uma sociedade sustentável. A organização britânica Julie’s Bicycle é provavelmente a organização mais experiente a nível mundial no desenvolvimento e na aplicação de políticas sustentáveis nas indústrias criativas e nas artes; directora de Energia e Ambiente, Helen Heathfield, apresenta um conjunto de metodologias e medidas para reduzir a pegada ecológica no sector cultural, enquanto Judith Knight da agência artística Londrina ArtsAdmin aborda o papel das artes na divulgação da problemática. No mesmo dia, dois agentes cul turais apresentam os seus projectos e percursos concretos rumo a sustentabilidade climática e energética: André Soares explica como o Boom Festival (Idanha-a-Nova) chegou a ser nomeado o festival mais verde da Europa e o dinamarquês Adam von Haffner Paulsen apresenta os Index Awards para o design sustentável.

A 7 de Maio, estes e outros peritos orientam uma série de seis seminários diferentes onde serão apresentadas e discutidas metodologias e ferramentas concretas, de um lado, para abordar o tema na criação artística e na programação, de outro lado, para reduzir o desperdício e minimizar o impacto ambiental na organização de festivais, gestão diária de teatros e centros culturais, digressões de concertos e espectáculos, desenho de luz, etc.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This