FAMILY TREE – Exposição de Pintura de José Carvalho // Concerto Robert Foster

José Carvalho também conhecido por 1ma63 é um artista plástico a procura do espaço, da cor e do movimento. Licenciou-se em Artes Plásticas na ESAD das Caldas-da-Rainha, viveu em Estugarda onde desenvolveu diversas exposições individuais e colectivas, que intensificaram ainda mais o seu percurso criativo. Tem realizado vários trabalhos em parceria com a Gau Galeria de Arte Urbana. O seu espaço de criação é uma mistura entre a rua e o atelier.

Nesta sua apresentação na Trem Azul mostra-nos uma árvore de família, criada a partir de pessoas e personagens. Apropriações de fotografias a preto e branco, vandalizadas pelo uso diário de tintas e camadas de cor, que enaltecem a necessidade de preencher o branco que existe no dia-a-dia de cada um. Imagens realizadas com o carimbo da arte de rua, que caracteriza o trabalho plástico do artista.

“Esta curiosa combinação gerada pela exposição de José Carvalho no agradável e mítico espaço da loja/editora b , remete-me para as memórias de um passado em que fui baterista (de jazz) no teatro do Bairro Alto (Cornucópia). Passados alguns anos é com muito gosto que acompanho o trabalho de José Carvalho noutro palco do Bairro Alto, a Galeria de Arte Urbana, espaço que ajudei a construir, e que tem tido no José Carvalho um companheiro e prolífico colaborador.

O grupo de teatro amador comum (4ºperiodo) foi inspirador e fundador de um vasto conjunto de pessoas nas quais me incluo e se inclui certamente José Carvalho. Ele reflecte no seu trabalho um despedimento linguístico que o liberta na direcção de discursos inovadores, que apesar de transmitirem um respeito pelo lexico do “graffiti”, simultâneamente inovam procurando com a sua profusão
encontrar novas faces, discursos críticos bem humorados e visualmente apelativos. Uma visita a esta exposição será como saborear uma paleta de elementos visuais urbanos no contexto da melhor qualidade sonora! Hino ao improviso, à liberdade de criação que se ajusta ao gosto pelo prazer da acção.”

Pedro Soares Neves
(designer urbano)

Nota: A inauguração tem início às h com entrada gratuita. Às 21h30 inicia o concerto do músico Robert Foster que terá o custo de 3 euros.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This