KINO – MOSTRA DE CINEMA DE EXPRESSÃO ALEMÃ

O Goethe-Institut e a EGEAC, juntamente com as embaixadas da Áustria, Luxemburgo e Suíça, e o ABC Cineclube de Lisboa, apresentam a KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã, entre os dias 27 de Janeiro e 4 de Fevereiro de 2011. Com uma programação centrada no Cinema São Jorge, a edição deste ano volta a contar com filmografias oriundas da Alemanha, Áustria, Luxemburgo e Suíça.

A integração cultural é o tema central da mostra deste ano e a maioria dos filmes apresentados abordam esta questão sob diferentes perspectivas. Propõe-se uma reflexão sobre esta matéria, não só com o visionamento dos filmes que integram a programação, mas também com debates entre público, convidados e protagonistas.

“Die Fremde”, da realizadora Feo Aladag, galardoado com o prémio “Deutscher Filmpreis” (um dos mais prestigiados prémios cinematográficos alemães), e proposta alemã para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, é um dos filmes mais aguardados da mostra. Outro dos filmes a criar imensa expectativa, e que encerra a KINO no cinema São Jorge, é “Shahada”, filme do jovem cineasta alemão, de origem afegã, Burhan Qurbani. O realizador estará presente na sessão.

When We Leave (Die Fremde) – Trailer with English Subtitles from MajesticFilm on Vimeo.

Paralelamente à programação principal no Cinema São Jorge, dividida em duas sessões diárias que incluem filmes de ficção e documentários, voltará a ter lugar no auditório do Goethe-Institut o ciclo “Cinema Jovem”. Para além disso, haverá ainda um ciclo de cinema documental, especialmente direccionado para alunos do ensino secundário, intitulado “Mostra para Escolas”.

No âmbito da KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã realizar-se-á um workshop na Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC), orientado pela produtora alemã Susanne Petz que nos dias 9 e 10 de Fevereiro irá apresentar aos alunos da ESTC as melhores formas de promover as suas produções no mercado internacional.

A KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã é já uma referência no panorama cinematográfico português. O número de espectadores cresce ano após ano (no ano transacto passaram pela mostra mais de 2.000 pessoas) e o público é cada vez mais diversificado. A aposta na apresentação de filmes que habitualmente não entram no circuito comercial português, e a selecção de produções que fizeram carreira nos festivais mais importantes da Alemanha, como o Festival Internacional de Cinema de Berlim (Berlinale) ou o Festival de Cinema Documental de Leipzig, têm contribuído decisivamente para o sucesso da KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This