A RED BULL MUSIC ACADEMY 2016 DECORRE NO CANADÁ

A RED BULL MUSIC ACADEMY 2016 DECORRE NO CANADÁ

A fase de candidaturas terá lugar entre 18 de janeiro e 7 de março de 2016

Red Bull Music Academy vai levar a sua série de workshops e festivais de música a Montreal durante um mês inteiro no Outono de 2016. Esta será a 18ª edição da Academy e o primeiro regresso ao Canadá desde 2007, ano em que Toronto foi a cidade anfitriã. A fase de candidaturas abre globalmente no dia 18 de janeiro de 2016 e fecha a 7 de março 2016.

Uma instituição global comprometida a potenciar a criatividade na música, a Red Bull Music Academy aterra numa metrópole diferente todos os anos desde 1998, juntando um grupo cuidadosamente seleccionado de produtores, vocalistas, beatmakers, instrumentistas e DJs de todo o planeta. Estes participam em sessões de lecture intimistas com figuras pioneiras do mundo da música e colaboram com eles – e entre si – em nova música, em estúdios de topo. À noite, a Academy apresenta um festival de um mês inteiro, fazendo a curadoria de performances e festas exclusivas nos clubes, instituições culturais e espaços underground de culto da cidade, procurando com cada evento mostrar um elemento diferente da identidade musical e cultural única da cidade anfitriã.

Uma troca simbiótica entre estilos e gerações tem sido central para a programação da Red Bull Music Academy, pelo que alguns dos lecturers e performers que já por lá passaram incluem nomes tão basilares como Bob Moog, Brian Eno, Nile Rodgers, Steve Reich e Kim Gordon e até Giorgio Moroder, Erykah Badu, Bootsy Collins, MF DOOM, Richie Hawtin, Tony Allen, Q-Tip, Sly & Robbie, Chuck D, M.I.A., James Murphy, e Moodymann. Muitos dos participantes na Academy acabaram por se tornar forças incontornáveis nas suas áreas, e entre eles estão Flying Lotus, Hudson Mohawke, Nina Kraviz, Evian Christ, Mumdance, Natalia Lafourcade, Jamie Woon, Katy B, Jackmaster e Branko (dos Buraka Som Sistema).

PORQUÊ MONTREAL?

A cidade de Montreal tem vindo a representar o epicentro da experimentação artística canadiana há várias décadas. Com uma história rica, enraizada na disco, no jazz, na folk, no hip hop e no techno, Montreal é celebrada como um terreno fértil que viu crescer o som de artistas tão influentes como Oscar Peterson, Leonard Cohen, Rufus Wainwright e Arcade Fire. O seu contexto bilingue e vitalidade multicultural apoia um panorama artístico em constante expansão, contribuições seminais para o design e animação de videojogos e alguns dos melhores realizadores do mundo. A arquitectura e paisagem industrial diversa da cidade são únicas e dão azo a várias formas de criatividade e auto-expressão. Uma enorme variedade de festivais, exposições e encontros comunitários em bairros distintos têm vindo a cultivar e celebrar a sede de expressão e experimentação que esta cidade demonstra – e é uma honra para a equipa da Red Bull Music Academy adicionar a sua voz a esse coro de curadoria.

 

O PROCESSO DE CANDIDATURA

A partir de 18 de janeiro, music-makers de todo o planeta são convidados a candidatar-se à Red Bull Music Academy de 2016 em Montreal. O formulário de candidatura pode ser descarregado do website da Academy e deve ser enviado por correio até dia 7 de março, acompanhado por um CD com material da autoria de cada candidato. O júri da Red Bull Music Academy irá então seleccionar um grupo de participantes de entre as candidaturas recebidas.

Uma vez que a Red Bull Music Academy de 2015 em Paris terminou mais cedo devido aos acontecimentos trágicos que aconteceram na cidade a 13 de Novembro, os 30 participantes seleccionados para o segundo termo de Paris irão juntar-se aos 40 novos participantes em Montreal. Isto significa que o número total de participantes em Montreal será 70, em vez dos habituais 60.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This