caetano_veloso

Caetano Veloso no Coliseu do Porto

Caetano Emanuel Viana Teles Veloso, reconhecido por Caetano Veloso, é um músico, produtor e escritor brasileiro. Esta talvez seja a premissa transversal a qualquer biografia ou esboço de estudo sobre o artista. No entanto, nem tudo é tão linear na vida de Caetano.
Filho de José e Claudionor Velloso (a carinhosa Dona Canô), é criado juntamente com seis
irmãos. Desde cedo que demonstra interesse pela música, chegando até a escolher o nome
de Maria Bethânia – inspirado numa canção da época. Certo é que Veloso rapidamente
conceptualiza a sua carreira musical e alia a Bossa Nova a questões políticas, sendo
associado ao fenómeno hippie da década de 60.

Vários poderiam ser os pontos descritos numa sua biografia, desde o início pela escrita
jornalística, ao respeito por parte da crítica, até ser considerado um intelectual na verdadeira acessão da palavra. Porém, Caetano Veloso é – e sempre será – um ícone da MBP – Música Popular Brasileira, um autêntico marco no panorama artístico e social mundial.

Talvez, o realmente transversal seja a sua passagem por diversas gerações. Há quem
goste, há quem odeie, mas ninguém fica indiferente à música dançante, aos temas
interpretados com “um jeito só seu” – parafraseando Chico Buarque. Verdade é que Caetano Veloso troca o «Leãozinho» por um «Galo que Cantou»; diz que «Olha o Menino», porém agora «Está Triste»; arriscando mesmo dizer que «A Bossa Nova é Foda» quando insiste que: «Quero ser Justo»!

Caetano Veloso, olha-nos do alto dos seus 74 anos e reinventa-se. Reinventa não só a
musicalidade, como introduz novas canções; permite o descanso a temas incontornáveis e
abraça-nos com a sua voz de sempre.

É este artista que vai subir ao palco nos dias 25 e 26 de Abril – com plateias cheias – de
olhos postos no rapaz, no «Menino do Rio» que certamente dará um «Abraçaço» a todos nós.

Esperemos para ver, certamente sentiremos um «Calor Que Provoca Arrepio»!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This