CINEMA SOVIÉTICO DE MARÇO

As quinze sessões de cinema soviético programadas em março, de 1 a 15, propõem a revisitação a obras e autores fundamentais dessa cinematografia, produzidas entre 1937 e 1983, e realizadas por Aleksei German, Grigori Kozintsev, Leonid Trauberg, Mark Donskoi, Vera Stroyeva, Leonid Bykov, Rolan Bykov, Eldar Shengelaya, Elem Klimov, Nikita Mikhalkov e Andrei Konchalovski.

“Pyat Vetcherov / Cinco Noites”, “Rodnya / A Parente” e “Bez Svidetelei / Sem Testemunhas” de Mikhalkov, “Aty-Baty Shli Soldaty… / Os Soldados foram à Guerra” de Leonid Bykov, “Siberiada” de Konchalovski, “Golubeye Gore ili Niepravdopodobnaia / As Montanhas Azuis ou Uma História Inacreditável” de Shengelaya e “Tchutchelo / O Espantalho” de Stroyeva são exibidos pela primeira vez na Cinemateca nesta ocasião. Os restantes títulos têm sido igualmente pouco mostrados, à exceção de “Peça Incompleta para Piano Mecânico”, o filme de Mikhalkov que adapta Platonov de Tchekov, “Idi I Smotri / Vem e Vê” de Klimov e do não menos célebre “Vinte Dias sem Guerra” de Alexei German, cuja projeção, às 21h30 de 13 de março, será dedicada à memória do seu autor.

Todos estes títulos integram a coleção da Cinemateca por atos recentes de depósito da Associação Portuguesa de Amizade Portugal Rússia Iúri Gagárin e da Embaixada da Federação Russa em Portugal. Os primeiros filmes do Ciclo, “Vozvrachechenie Macsima / O Regresso de Máximo” de Kozintsev e Trauberg e “V Liudiakh / Ganhando o Meu Pão” de Donskoi, são exibidos a 1 de março, respetivamente às 19h30 e às 22h. O monumental “Siberiada” de Konchalovski é projetado no dia 12.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This