Huun Huur Tu

Convites duplos para Huun Huur Tu, dia 16 de Junho no Cine-Teatro de Estarreja

Qual a actual edição do Festim?

5 CONVITES DUPLOS PARA HUUN HUUR TU, NO CINE-TEATRO DE ESTARREJA, DIA 16 DE JUNHO

Huun Huur Tu

Huun Huur Tu, um dos melhores grupos de throat singing (canto gutural) de Tuva, chegam ao Cine-Teatro de Estarreja no próximo dia 16 de junho e, através da garganta, propõem uma viagem ao mundo natural e ancestral.

A remota região de Tuva, um dos novos países surgidos com a dissolução da União Soviética, produz um grupo vocal muito pouco comum. Chamam-se Huun Huur Tu e vão estar no Cine-Teatro de Estarreja no próximo sábado, dia 16 de junho, no âmbito da 4ª edição do FESTIM (Festival Intermunicipal de Músicas do Mundo). Mestre no throat singing, nomeadamente na técnica xöömei onde o vocalista produz duas a três notas musicais em simultâneo, o grupo tem sido fortemente requisitado a nível internacional.

Semelhante a uma flauta ou a um assobio, o som produzido pelos Huun Huur Tu através do correto posicionamento da boca, laringe e faringe, carrega as raízes nómadas dos povos ancestrais e o mais puro significado de natureza e paisagem. O próprio nome do grupo pode ser traduzido para “roseta solar”, numa alusão aos raios bem definidos que se podem observar ao nascer e ao pôr-do-sol.

Inicialmente chamados Kungurtuk, os Huun Huur Tu uniram-se em 1992 para tocar “as músicas antigas e esquecidas” da sua região. Ao longo destes vinte anos de existência, os Huun Huur Tu viram o seu elenco ser várias vezes alterado, mas mantiveram sempre a filosofia inicial: espalhar e atualizar o folk tuvano.

Kaigal-ool Khovalyg, Radik Tyulyush, Sayan Bapa e Alexey Saryglar são os quatro nómadas do século XXI que compõem os Huun Huur Tu, exímios no canto gutural e nos instrumentos nativos como o igil, khomuz (harpa tuvana) e o dünggür (tambor xamânico), aos quais juntam a guitarra ocidental e a música eletrónica. Os Huun Huur Tu reinventam o seu património musical, sempre com o impulso nos ritmos indígenas de Tuva.

Quatro concertos de quatro cantos do mundo em Estarreja

O Festim conta este ano com a sua 4ª edição. Mantém uma programação diversificada dentro do melhor das músicas do mundo. Resultado de sinergias intermunicipais, nomeadamente dos concelhos de Estarreja, Sever do Vouga, Ovar, Albergaria-a-Velha e Águeda, o Festim é cada vez mais uma referência cultural, facto explicado pela recente integração no European Forum of Worldwide Music Festivals. Este ano Portugal, Tuva, Finlândia e Inglaterra encontram-se em Estarreja motivados pela música. Gaiteiros de Lisboa (8 de junho), Huun Huur Tu (16 de junho), Kimmo Pohjonen (29 de junho) e Blowzabella (6 de julho) representam cada um dos países e em Estarreja não vão deixar ninguém indiferente.

Nota

Devem enviar-nos os seguintes dados: Resposta, Nome, BI e Contacto Telefónico



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This