rdb_ANJINHO_header

“Do Céu Caiu Um Anjinho”

Uma viagem no tempo, à procura do amor

Ganha convites AQUI.

Estás preparado para fazer uma viagem no tempo? Se sim, convidamos-te a sentares-te confortavelmente nas cadeiras da sala de teatro do Centro Cultural da Malaposta, e a assistir à peça “Do Céu Caiu Um Anjinho“. Será uma autêntica viagem até aos anos 40/50, em busca do amor, no extremo norte português, em Viana do Castelo.

Os guias desta jornada são três animadores de rádio dos anos 40/50, que ajudam a criar toda a ambiência necessária da história através das canções que interpretam e dançam. O papel da rádio nesta comédia musicada é extremamente importante, sendo um elemento sempre presente em toda a acção.

O enredo começa quando o Senhor Lopes engrena um plano astucioso com o Padre Xavier, de modo a casar a sua filha com o Arturinho (o anjinho caído do céu), e ficar assim livre para o seu novo amor. O Senhor Lopes é o dono do Quiosque mais famoso de Viana do Castelo, pai de Zulmira e viúvo da sua “mãezinha”, sempre carrancuda e autoritária. Apaixonou-se por Fati, uma mulher vistosa de Lamego, e quer a todo o custo ficar com o caminho livre para poder casar com ela. Zulmira é uma filha controladora e devota à Igreja; o seu único amor é Deus.

Mas há uma outra amante do Senhor Lopes, que ficou esquecida em Espanha. Ao longo do desenrolar desta aventura, toda a acção tomará proporções surpreendentes e o público ficará “em pulgas” por descobrir o que virá a seguir!

Esta é uma comédia romântica, dramática e burlesca, em que o quiosque do Senhor Lopes é reclamado por todas as personagens femininas do enredo, um autoclismo não funciona, um quadro da última ceia é testemunha de todas as peripécias e a Nossa Senhora de Santa Luzia abençoa o amor de Fati e do Senhor Lopes!

Venham até à sala da família Lopes, e assistam às aventuras destas seis personagens que no fundo anseiam loucamente amar e ser amadas.

“Do Céu Caiu Um Anjinho” é um espetáculo escrito, encenado e interpretado por Fernando Gomes. Conta também com a participação de Ana Perfeito, Helena Ávila, Ricardo Simões, Sofia Bernardo e Tiago Fernandes. As orquestrações e a direção musical ficaram ao cardo de Quim Tó. Estará em cena até dia 10 de Fevereiro no Centro Cultural da Malaposta, de quinta a sábado às 21:30, e domingo às 16:00.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This