Doclisboa 2010: 37000 espectadores

Ao longo de onze dias o melhor cinema documental de todo o mundo passou por cinco salas de cinema em Lisboa atraindo 37000 espectadores. Os homenageados nesta edição foram Joris Ivens, Jørgen Leth e Marcel Ophuls, com três poderosas retrospectivas nas quais foram exibidos 56 filmes. Há ainda 17 filmes de Joris Ivens e Marcel Ophuls para ver na Cinemateca até dia 28.

Integrada nas actividades paralelas do doclisboa – VIII Festival Internacional de Cinema está também a exposição de Malick Sidibé. 85 obras do fotógrafo do Mali estarão expostas até ao final de Outubro no Palácio Galveias, com entrada livre.

Em 2010, o doclisboa apresentou também as secções paralelas à competição. A Cidade e o Campo reuniu uma selecção de 21 documentários onde se propõe um olhar sobre os espaços, privilegiando exemplos em que os dois existem ao mesmo tempo e em que se filma o seu confronto.

A secção Homenagem ao Documentário Suíço deu destaque ao nome de Richard Dindo, realizador com uma carreira de mais de 30 anos. Pela sua câmara passaram Che Guevara, Jean Genet e Arthur Rimbaud.

A secção Heart Beat mostrou de novo uma programação com a música como elemento fundamental. Este ano apresentámos um Heart Beat «vintage», onde se redescobriram ou apresentaram pela primeira vez em sala obras primas esquecidas.

Com a secção Riscos marcámos de novo encontro com filmes ousados, inovadores, que se situam na fronteira entre a ficção e o documentário..

Foram 203 filmes divididos em Competições, Investigações, Riscos, Retrospectivas, Homenagem ao Documentário Suiço, A Cidade e o Campo, Heart Beat, Antestreias Portuguesas e Sessões Especiais. Houve ainda espaço para as Masterclasses de Marceline Loridan-Ivens e Jørgen Leth, workshops, docs 4 kids, Lisbondocs e docfestas.

O festival segue agora nas extensões com alguns destinos já confirmados: Paris, Coimbra, Viseu, Moura, Leiria, Alcobaça, Faro, Barcelos, Torres Novas e Vila do Conde.

A IX edição regressa de 20 a 30 de Outubro de 2011, altura em que o mundo inteiro volta a passar por Lisboa.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This