Li Ké Terra vencedor da Competição Portuguesa no doclisboa 2010

Li Ké Terra (A Minha Terra em crioulo) acaba de receber 2 prémios do festival doclisboa 2010: Prémio Competição Portuguesa – Médias e Longas, que galardoa o filme documental português que mais se destaca do ano, e o Prémio Escolas, atribuído por alunos da Escola Secundária Passos Manuel. O documentário de Filipa Reis, João Miller Guerra e Nuno Baptista foi considerado pelo júri um filme que representa “as múltiplas identidades” que cada pessoa traz dentro de si.

Li Ké Terra narra a história de Miguel e Ruben, jovens descendentes de imigrantes Cabo Verdianos que vivem em Portugal sem documentação. Divididos entre a vontade de serem portugueses de pleno direito, as suas raízes e as barreiras que encontram no seu dia-a-dia, Miguel e Ruben sonham com o futuro deixando transparecer as suas aspirações por uma vida melhor.

Com um orgulho estóico e sem receio de expor as situações absurdas e caricatas do quotidiano de um imigrante em Portugal, Miguel e Ruben levam-nos a uma interrogação: qual é a identidade do apátrida?

Li Ké Terra é um retrato da vida de dois adolescentes que procuram dar sentido à sua existência com o sarcasmo e o humor que a vida lhes imprime sem pedir licença.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This